O espetacular Pangong Lake e suas profundas águas azuis!

Prepare seus olhos para admirarem fotos de um dos lagos mais lindos do mundo: Pangong Lake!

Pangong Tso também conhecido como Pangong Lake, é um belíssimo lago de alta altitude, a 4.350 metros, com profundas águas azuis, rodeado por altos picos de montanhas dos Himalaias, em Ladakh, norte da Índia e fronteira com a China.

*Tso significa lago, no idioma ladakhi.

Pangong Lake, Ladakh, Índia

Pangong Lake possui 134 km e comprimento e se estende desde a Índia para a China e sua largura, no ponto mais amplo é de 5km e a área total é de 699,3km². 

Pangong Lake, Ladakh, Índia

Este lago está em território disputado e cerca de 60% de seu comprimento encontra-se na China. A Linha de Controle Real passa através do lago. Uma seção do lago de aproximadamente 20 quilômetros de leste da linha de controle real é controlada por China, mas reivindicado pela Índia. 

Pangong Lake, Ladakh, Índia
Por razões de segurança, a Índia não permite a navegação neste lago.

Pangong Lake, Ladakh, Índia

Estas fotos foram feitas pela manhã cedo, pois assim que o sol surgiu, as águas do algo começaram a evaporar.

Pangong Lake, Ladakh, Índia

O Pangong Lake é um lago endorreico e isto significa que é um lago que não evacua quantidades significativas de água por drenagem superficial ou por infiltração, ou seja, ele evapora em sua superfície toda a água que coleta de sua bacia hidrográfica. 

Pangong Lake, Ladakh, Índia

O lago está em processo de ser identificado sob a Convenção de Ramsar, como zonas úmidas de importância internacional. Esta será a primeira zona úmida transfronteiriça no sul da Ásia sob a convenção.

Pangong Lake, Ladakh, Índia

Águas salgadas, sem peixes!
Um fato curioso e muito interessante sobre este lago é que ele possui água salgada e por isso, existe uma baixa micro-vegetação e como o índice de salinidade é muito alto, não existem peixes ou outra vida aquática no lago, apenas micro organismos e alguns pequenos crustáceos.

Pangong Lake, Ladakh, Índia

A baixa biodiversidade no lago tem sido relatada como sendo devido à alta salinidade e condições ambientais severas.

Pangong Lake, Ladakh, Índia

Existem algumas espécies de arbustos e ervas perenes que crescem nas áreas em volta do lago.

Pangong Lake, Ladakh, Índia
O colorido das montanhas varia conforme as pedras e a luz natural

Durante o inverno, apesar da água salobra, o lago congela completamente. Eu visitei na primavera e ainda nevava um pouco todos os dias, à noite e pela manhã.

Pangong Lake, Ladakh, Índia

A região em torno do lago suporta um número de espécies de animais selvagens, incluindo a Kiang e a marmota, mas estes eu não vi, apenas algumas aves e animais domésticos, como cães e burros.

Pangong Lake, Ladakh, Índia
Este burrinho deu até uma paradinha para sair bem na foto!

Pangong Lake, Ladakh, Índia

Antigamente o Pangong Lake tinha uma saída para o Rio Shyok, um afluente do Rio Indus, mas esta foi fechada devido ao represamento natural.

Pangong Lake, Ladakh, Índia

Duas correntes alimentam o lago a partir do lado indiano, formando pântanos e zonas úmidas nas bordas. 

Pangong Lake, Ladakh, Índia
A praia do lago é composta de areia grossa  e escura e pequenas pedras.

Pangong Lake, Ladakh, Índia

Linhas Strand, acima do nível do lago, revelam a 5m de espessa camada de lama e areia laminada, sugerindo o lago encolheu recentemente, em escala geológica. 

Pangong Lake, Ladakh, Índia
Eu, bem à direita da foto

A partir de Leh, a capital de Ladakh, pode-se chegar até Pangong Lake pela montanha Khardung La ou pela Chang La. Estas estradas estão abertas de maio a setembro, depois o local fica isolado do mundo, devido às nevascas.

Pangong Lake, Ladakh, Índia

Eu fui pela Khardung La Pass e voltei pela Chang La. Ao todo, foram 3 dias de aventuras. Isso porque eu fui parando pelo caminho, dormi em Hunder Village, no Vale do Nubra (Nubra Valley) e fui conhecendo vários lugares. A estrada é muito perigosa, cheia de curvas, precipícios e nenhuma iluminação, então não é recomendado viajar à noite.

Pangong Lake, Ladakh, Índia

Como era final de abril e início de maio, ainda nevou bastante nas montanhas e, em muitos trechos, fiquei horas parada, porque a neve estava obstruindo a estrada. Em alguns trechos, demorei cerca de 8h para percorrer 200km. Mas no verão, com as estradas desobstruídas de neve, o trajeto é bem mais rápido. 

Pangong Lake, Ladakh, Índia

Para visitar Pangong Lake é preciso obter uma permissão especial, a Inner Line Permit. Clique no nome grifado que eu explico como obter.

Pangong Lake, Ladakh, Índia

O Pangong Tso ou Pangong Lake é considerado um lago sagrado pelos indianos que vivem na região, na grande maioria, budistas, então eles acreditam que não se deve nadar em suas águas para não ofender aos deuses. 

Pangong Lake, Ladakh, Índia
Fazia um frio de bater queixo. No momento desta foto, -3C.

Na parte prática desta recomendação de não nadar no Pangong Lake é que, além das águas serem extremamente frias, o que pode causar facilmente uma hipotermia e levar à morte, isto também pode causar um incidente internacional entre índia e China, já que que ambos disputam uma parte deste lago.

Pangong Lake, Ladakh, Índia
Vista do lago, à partir do hotel onde eu me hospedei.

Eu me hospedei em um hotel à beira do lago e foi maravilhoso acordar com uma das mais belas vistas que eu já vi na vida.

Pangong Lake, Ladakh, Índia

Eu fiz mais de 3.000 fotos deste lago e pré selecionei 200, mas peneirei até chegar nas 28 fotos que ilustram este post. Mas farei uma nova repescagem e no próximo post vou publicar mais 20 ou 30 fotos, sem texto, somente fotos, como se fosse um álbum!

Pangong Lake, Ladakh, Índia

E depois, postarei sobre o hotel, que na verdade era uma espécie de pousada, super simples, mas bem amplo e com uma vista maravilhosa para o lago.

Pangong Lake, Ladakh, Índia

Restaurante bem frente ao lago, no local onde foram gravadas as cenas finais de 3 Idiots, um filme de grande sucesso de Bollywood.

Pangong Lake, Ladakh, Índia

Pangong Lake já foi cenário de vários filmes de sucesso de Bollywood, a maior indústria cinematográfica do mundo, como 3 Idiots e Jab Tak Hai Jaan (sem tradução em português, mas com o maravilhoso Shah Rukh Khan, considerado o Rei de Bollywood).

Pangong Lake, Ladakh, Índia

Eu fiquei encantada com tamanha beleza de Pangong Lake, um lugar árido, com vegetação rala, sem árvores, rodeado de montanhas de pedras e picos nevados, mas de águas azuis profundas e cristalinas, que disputam uma guerra de cores com as pedras das montanhas.

E você, o que achou deste lago?

Beijos,
Ana Maria
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

6 comentários :

  1. Ana que fotos e lugares lindos... Realmente e uma Índia diferente do esteriótipo que nos vem em mente ao ouvir notícias de lá. Rindo muito com 3 idiots cafe rsrs :D Parabéns pela coragem de se permitir aventurar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rafael,
      Ladakh é um lugar mágico, belíssimo e em nada lembra a Índia que quase tudo mundo conhece, mesmo que seja em fotos.Tanto o povo, quando as paisagens, tudo muito diferente.
      O filme 3 Idiots, pelo nome pode parecer um filme bobo, de comédia, mas é um dos melhores filmes que eu já assisti na vida, pois ele dosa de maneira muito equilibrada humor, drama e romance. Aliado a paisagens belíssimas, é claro.
      Se fosse apenas pelo nome eu jamais teria assistido, mas como em Ladakh eu ouvia falar sobre ele em todo lugar, acabei ficando curiosa e assisti.
      Se você se interessar, posso te passar o link para você assistir online e com legendas em português.
      Beijos,
      Ana

      Excluir
  2. Olá Ana por gentileza vou querer sim assistir o filme se você puder passar o link eu agradeço desde já

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafael, te passei o link por email, pois aqui você não conseguiria abrir nem no copiar colar.
      Beijos

      Excluir
  3. Muito obrigado irei assistir o filme.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafael, depois que vc assistir, me diga o que achou.
      Beijos

      Excluir

Obrigada por comentar!
É bom demais receber o retorno dos leitores. Responderei o mais breve possível, então lembre-se de voltar aqui depois para ler a sua resposta.

*Você pode também marcar "Notifique-me", para ser avisado por e-mail quando o seu comentário for respondido.