Como tirar a permissão para visitar a área restrita de Pangong Lake, controlada pela India Army.

Algumas regiões de fronteira da Índia, controladas pela India Army (Forças Armadas da Índia), principalmente na fronteira com a China, permitem a visitação de estrangeiros, porém, é necessário obter uma permissão especial, como é o caso de Nubra Valley e Pangong Tso Lake, em Ladakh.

Pangong Lake - Ladakh - Índia
Pangong Tso Lake, água salgada a 4.350m de altitude

Onde obter a permissão para visitar área restrita
Para obter esta permissão em Ladakh, o turista estrangeiro pode ir diretamente ao Centro de Informações Turísticas de Leh, localizado no centro da cidade ou através de alguma agência de turismo.

Centro de Informações Turísticas de Leh - Ladakh - Índia
Centro de Informações Turísticas de Leh

Taxas
Em 2016 a taxa de permissão custava cerca de 760 rúpias (cerca de R$ 45,00) para turistas estrangeiros. Precisa apresentar o passaporte original e cópia das páginas com o visto indiano e carimbo de entrada no país, além de 2 fotos 3 x 4. Os turistas indianos também precisam desta permissão, porém, não é cobrado a taxa.

Turista estrangeiro, somente acompanhado de outro estrangeiro
Você somente conseguirá esta permissão se estiver acompanhada(o) de outro estrangeiro, que pode estar viajando junto com você ou que você combinou por lá mesmo. Um americano me abordou na rua, convidando a tirar o visto junto com ele e a namorada e para dividirmos o aluguel de um carro até Pangong Lake, mas eu não aceitei. Nestas viagens, todo cuidado é necessário. Preferi contratar um carro exclusivo, direto numa agência de turismo, que também providenciou a minha permissão.
Como eu estava sozinha, a permissão foi emitida junto com um grupo de 15 vietnamitas que eu nunca vi na vida, já que não precisei nem viajar com eles. A agência apenas emitiu a nossa permissão no mesmo formulário, já que esta agência também providenciou a permissão para estes vietnamitas.

*Durante o percurso até Pangong Lake, o motorista que eu contratei precisou parar em vários postos militares pelo caminho, para apresentar a minha permissão e poder seguir adiante. Isso aconteceu também durante o retorno.


Eu super indico esta agência, pois foram muito sérios e competentes comigo. Esta agência ficava próxima ao meu hotel e eu já tinha contratado antes um passeio com eles de um dia inteiro, até o encontro dos Rios Zanskar e Indus, passando por Magnetic Hill. Por isso, senti confiança para contratar também o passeio até Pangong Lake.

Nubra Valley e Pangong Lake
Eu estava hospedada em Leh, a 3.505m de altitude e para chegar até Pangong Lake,que fica a 4.350m de altitude, eu precisei subir as montanhas, pegar a andar rodovia mais alta do mundo, a Khardhung La, que fica a 5.359m cima do nível do mar e descer até Nubra Valley e Pangong Lake. E depois, fazer o caminho inverso.

Quantos dias e valores
Para este passeio até Pangong Tso Lake, que fica em área restrita, controlada pela India Army, foram 3 dias de viagem, entre ida e volta e passamos por muitos lugares turísticos pelo caminho.

Paguei 14.000 rúpias (cerca de R$ 830,00) pelo aluguel do carro com motorista, incluso combustível e os custos da minha permissão. Não estava incluso as minhas refeições, duas pernoites (uma em Nubra Valley e outra em Pangong Lake), que eu negociei diretamente com os hotéis indicados pela agência e as entradas aos lugares turísticos.

Ainda era baixa temporada, as estradas que ligam Ladakh ao resto da Índia abririam na semana seguinte, então paguei preços menores, pois na alta temporada os preços mais que triplicam, já que a procura é muito grande.

Período da viagem: fiquei uma semana em Ladakh, entre final de abril e início de maio de 2016.

Nova taxa a ser cobrada de todos os turistas, indianos ou estrangeiros, que visitam Ladakh
A partir de 1º de abril deste ano, começará a ser cobrada uma taxa ambiental de 400 rúpias ( cerca de R$ 24,00) a todo turista, nacional ou estrangeiro, que visitar Ladakh.

As informações deste post são bem específicas para quem pretende ir para Pangong Lake, mas considerei importante explicar como funciona, já que eu não encontrei estas informações pela internet (nem  em inglês), quando eu precisei.

Beijos,
Ana Maria
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário :

Postar um comentário


Obrigada por comentar! É bom demais receber o retorno dos leitores.
Responderei o mais breve possível, então lembre-se de voltar aqui depois para ler a sua resposta.

*Você pode também marcar "Notifique-me", para ser avisado por e-mail quando o seu comentário for respondido.