Viajando na companhia das pedras, vídeo V!

Depois de pernoitar em Hunder Village, no Vale do Nubra (Nubra valley), em Ladakh, norte da Índia), eu segui viagem pela estrada rumo a Pangong Lake e este é o último vídeo, viajando na companhia das pedras,  antes de chegar no lago. 


Além de muitas pedras, areia, montanhas e até um rio congelado, encontrei cabras, vacas e yaks pastando pela rala vegetação e até um grupo de militares organizando agricultores para o plantio de alimentos. Até chai eu bebi com eles.

Então, aperta o play e vem comigo em mais esta aventura pelas estradas de Ladakh.


Espero que você tenha gostado e se gostou, lembre de deixar os eu like lá no youtube, é importante para o canal. E compartilhe com seus amigos aventureiros. Obrigada!

Beijos,
Ana Maria
LEIA MAIS

Hospedagem em Hunder Village, no Vale do Nubra | Ladakh

Quem vai para Pangong Lake, à partir de Leh, e visita praticamente todos os pontos turísticos pelo caminho, a viagem tem duração média de de 3 dias e 2 noites.

Yourdum Gest House em Hunder, Nubra Valley, Ladakh

Na primeira noite eu me hospedei no vilarejo de Hunder, no Vale do Nubra, perto daquele parque que eu mostrei com os camelos.

Yourdum Gest House em Hunder, Nubra Valley, Ladakh

Devido à sua localização remota, as instalações turísticas em Hunder são bem limitadas. Não existem hotéis, apenas guest houses, que são adaptações para receber os turistas nas casas dos próprios moradores e acampamentos com tendas, mantidas por operadores privados.


Yourdum Gest House em Hunder, Nubra Valley, Ladakh

Eu me hospedei em um guest house ou home stay, como também é chamado este tipo de hospedagem, chamado Yourdum Guest House, pertencente à família Yourdum, que são um casal e três filhas.

Yourdum Gest House em Hunder, Nubra Valley, Ladakh

Yourdum Gest House em Hunder, Nubra Valley, Ladakh

Já era primavera e próximo da abertura da estação turística e as instalações estavam sendo ampliadas e no jardim, começavam a florescer as primeiras plantas.

Yourdum Gest House em Hunder, Nubra Valley, Ladakh

A localização é belíssima, com vista de tirar o fôlego e o Yourdum Guest House é uma casa com 5 quartos muito espaçosos, super simples, porém, muito confortáveis.

Yourdum Gest House em Hunder, Nubra Valley, Ladakh
Entrada de hóspedes do Guest House

Yourdum Gest House em Hunder, Nubra Valley, Ladakh

A família habitava os cômodos dos fundos e não circulava na área dos hóspedes, exceto quem vinha para servir as refeições.

Yourdum Gest House em Hunder, Nubra Valley, Ladakh

Existe uma enorme sala de jantar em torno da qual os quartos são organizados.  O jantar servido foi comida típica do lugar e as porções bem servidas.

Yourdum Gest House em Hunder, Nubra Valley, Ladakh

O café da manhã, bastante simples, com pão feito na hora, chai e geleia, foi servido na sacada, para aproveitar o maravilhoso sol da manhã!

Yourdum Gest House em Hunder, Nubra Valley, Ladakh

O quarto era bem espaçoso, com um tapete enorme, pois o local é bastante frio e colocar o pé direto no chão gelado não é para qualquer um. Este janelão oferecia uma belíssima vista para as montanhas. Tinha ainda uma TV, que nem chegou a ser ligada, armário e banheiro privativo.

Yourdum Gest House em Hunder, Nubra Valley, Ladakh
Entrada para o banheiro, que era bem espaçoso também.

Yourdum Gest House em Hunder, Nubra Valley, Ladakh

O banheiro possui chuveiro e vaso sanitário como nos banheiros ocidentais, mas também balde e canequinha, pois é assim que os indianos gostam de tomar banho.

Yourdum Gest House em Hunder, Nubra Valley, Ladakh
Detalhe da fechadura da porta do quarto

Como eu comentei acima, o lugar é bastante remoto e por óbvio, não oferece internet wi fi, pois até os proprietários apenas usam a internet do celular, quando esta emite sinal.

Yourdum Gest House em Hunder, Nubra Valley, Ladakh
O carro branco lá na frente foi o que eu aluguei para esta viagem.

A energia elétrica é muito escassa, mas eu vi placas de captação de energia solar e também um gerador, que deve ser alimentado através destas placas (é o que eu imagino).

Yourdum Gest House em Hunder, Nubra Valley, Ladakh

A energia da casa é ligada somente das 19h até às 22h mais ou menos. Então, para tomar banho quente, carregar celular, notebook, etc, tem que ser tudo neste horário.

Yourdum Gest House em Hunder, Nubra Valley, Ladakh

Como era baixa temporada (final de abril e início de maio), eu era a única hóspede do lugar. No verão todos os guest houses ficam lotados e os preços triplicam. Dei uma olhada em outros alojamentos, mas este era um das melhores e o atendimento também foi muito bom.

Yourdum Gest House em Hunder, Nubra Valley, Ladakh

O Yourdum Gest House não possui site e quem me indicou esta hospedagem foi a própria agência onde eu contratei o carro com o motorista, mas agora eles já estão no booking e no Trip Advisor.

Eles oferecem 3 tipos de diárias: só pernoite, pernoite + jantar + café da manhã ou completo. Eu escolhi pernoite + jantar + café da manhã. Paguei por isso 2.300 rúpias, o que corresponde a mais ou menos a R$ 120,00, no câmbio atual. Lembrando que era baixa temporada e eu, a única hóspede.

*Devido á falta de internet, o pagamento precisa ser feito cash. Não aceitam cartões de crédito, como em praticamente todos os lugares de Ladakh.

Mesmo sendo raros os leitores aqui do blog que irão para Ladakh e precisarão se hospedar por lá, achei interessante falar sobre a hospedagem, pelo menos para que você conheça como funciona este serviço em um lugar que fica em contato com o resto do mundo por apenas 4 meses do ano (de maio a agosto, às vezes, acontece um mês a mais).

Beijos,
Ana Maria
LEIA MAIS

Os camelos de Hunder Village, no Vale do Nubra, em vídeo!

Para completar o post anterior, sobre Hunder Village e seu parque cheio de camelos bactrianos, chegou a vez do vídeo que eu gravei por lá.

Este vilarejo está localizado no deserto frio do Vale do Nubra (Nubra Valley), em Ladakh, norte da Índia.

Hunder Village, ubra Valley, Ladakh, Índia

Eu até brinquei que, com tantos camelos, aquela era a verdadeira definição de "camelódromo"!

Aperta o play e vem comigo conhecer este parque que é um verdadeiro oásis, cercado de montanhas, no meio do deserto frio dos Himalaias.


Gostou do vídeo? Deixe seu like lá no youtube, comente e compartilhe, é importante para o crescimento do canal. Obrigada!

Beijos,
Ana Maria
LEIA MAIS

Hunder Village, um oásis no deserto frio dos Himalaias.

A bela Aldeia de Hunder (Hunder Village) é como um oásis no meio do deserto frio, no Vale do Nubra, entre as montanhas dos Himalaias, em Ladakh, norte da Índia.


Distante 160km de Leh, a capital de Ladakh e7km de Diskit, conhecido por seu mosteiro budista, Hunder adquiriu fama por suas dunas de areia, o deserto frio que o rodeia, camelos bactrianos e sua beleza natural de tirar o fôlego.


Hunder Village fica distante aproximadamente 160 km de Leh, a capital da região de Ladakh.


Para alcançar esta aldeia remota, que fica perto da geleira de Siachen e da fronteira do Paquistão, em Ladakh, estado de Jammu & Kashmir, no norte da Índia, é preciso atravessar a montanha Khardung La, com mais de 5.300m de altitude.


Este local é o ponto máximo que um turista pode ir,  já que a entrada além da aldeia de Hunder é proibida, pois a área à frente é controlada pelo exército indiano.



O deserto  de alta altitude, frio, com extensão de dunas de areia e paisagem estéril formam uma paisagem enigmática e espetacular para os turistas que o visitam. 


Neste vilarejo eu visitei um parque belíssimo, chamado Nyamthum Thundel Tsogspa. Para entrar neste parque, pagamos 30 rúpias (cerca de R$ 1,50). No ticket avisa que este valor é destinado à conservação das dunas de areia.



Além de uma vista belíssima, seja para qual lado olhamos, neste parque, rodeado de montanhas com picos nevados, existe um riacho, um gramado arenoso, dunas de areia e sua maior atração são os camelos bactrianos.



O camelo bactriano é bem peludo e tem duas corcundas, ao contrário dos camelos de uma única corcova, encontrados no Rajastão e outras partes da Índia.  Na verdade, os camelos com apenas uma corcova são, na verdade, dromedários.


Os camelos bactrianos eram o principal modo de transporte quando Ladakh era uma parada importante nas antigas rotas comerciais com a Ásia Central.



O camelo bactriano, camelo-asiático ou simplesmente camelo (Camelus bactrianus) é um mamífero nativo da região das estepes da Ásia Central, mais precisamente, da região da Báctria,  daí o seu nome.


Quase todos os animais desta espécie vivem domesticados pelas populações locais, mas ainda existem mais de mil espécies selvagens na Mongólia e noroeste da República Popular da China.


Os turistas adoram passear de camelo pelas dunas de Hunder e este passeio dura em torno de 2 horas e custa cerca de 300 rúpias (aprox. R$ 15,00).


Como eu já fiz um Camel Safari de 2 dias pelo deserto quente de Thar, no Rajastão, optei para não fazer este passeio em Hunder, já que o vento gelado não me deixaria curtir muito o passeio.



Hunder é também o lugar onde se pode encontrar florestas de mar-espinheiro, uma planta medicinal rica em bio-moléculas, vitaminas e propriedades nutritivas e popularmente conhecida como 'Leh Berry'.


Embora a área que circunda Hunder é árida e desolada, a aldeia, no entanto, é uma vasta extensão de verde e possui terras cultiváveis. Os produtos de horticultura, incluindo damascos, nozes, amêndoas, maçãs e várias frutas e flores, de Nubra são muito procurados.


No próximo post eu vou mostrar o guest house/home stay onde eu me hospedei neste vilarejo, pois neste lugar longínquo não existem hotéis, apenas Guest Houses e tendas em acampamentos.

*Falta postar o vídeo sobre este parque dos camelos e depois, na sequência, sobre a guest house.

Beijos,
Ana Maria
LEIA MAIS

Pelas estradas de Ladakh, restaurante e banheiro, em vídeo

No post anterior eu mostrei algumas fotos de um banheiro que eu fui entre as montanhas isoladas de Ladakh, norte da Índia e agora chegou a vez do vídeo.

Banheiro na Índia

Então, aperte o play e veja a minha reação ao me deparar com este banheiro de zinco e sem teto. Coisas da Índia!


Este vídeo já estava no youtube há uma semana, pois os vídeos sempre são postados antes por lá. Para assistir em primeira mão, assine o canal e ative as notificações, assim você será avisado toda vez que tiver vídeo novo.

Gostou do vídeo? Deixe seu like lá no youtube, é importante para o canal. Obrigada!

Beijos,
Ana Maria
LEIA MAIS

Como é um banheiro de estrada entre as montanhas da Índia

Quando precisamos ir ao banheiro durante uma viagem é sempre uma aflição, pelo menos para quem é mulher (para homem é sempre mais tranquilo). Agora, já imaginou como seria um banheiro na beira de uma estrada, entre as montanhas isoladas da Índia? 

Estradas de Ladakh, Índia

Pois é, fiquei viajando três dias em um sobre e desce montanha, na região de Ladakh, norte da Índia e só tive banheiro confortável, como um banheiro ocidental, à noite, nas duas guest houses onde eu me hospedei. 

Estradas de Ladakh, Índia
Casas que foram abandonadas devido a deslizamentos

Naquela região não existe hotel, apenas casas de moradores  adaptadas para receber hóspedes. É que o local fica isolado do mundo por 8 meses e acredito que não vale a pena manter hotéis em funcionamento só por 4 meses. 

Estradas de Ladakh, Índia
O nome deste lugarejo é Tangste Village

Tangste Village, Estradas de Ladakh, Índia
Posto policial/militar de identificação de turistas

Mas antes de mostrar melhor um dos banheiros que eu precisei usar, quero mostrar para um pouco da estrada, para você entender que este banheiro era até um luxo para o local.

Estradas de Ladakh, Índia

Além de algumas casas, o local conta com um posto de fiscalização de turistas (só se pode circular com autorização prévia do exército indiano), existe um restaurante e um banheiro improvisado.

Estradas de Ladakh, Índia
Himalayan Restaurant

Estradas de Ladakh, Índia
Este miojo apimentado era só o que tinha no momento que eu passei por lá!

Estradas de Ladakh, Índia
Esta indiana fez questão de tirar uma foto comigo. Me achou "exótica"!

Estradas de Ladakh, Índia
Banheiro nos fundos do restaurante

Mas, antes de almoçar, precisei ir ao banheiro, pois estava há viajando viajando por aquelas estradas. Lá no fundo, escrito Toil, era o banheiro para clientes. Não tinha teto, mas estava trancado à chave.

*Toil: toalette 😆

Estradas de Ladakh, Índia
Este era o banheiro!

É o típico banheiro indiano, no chão. Mas apesar de ser banheiro de beira de estrada, estava bem limpo. Talvez porque a circulação de pessoas no local (era fora de temporada) seja mínimo.

Estradas de Ladakh, Índia

Para encerrar, a foto de um dos cachorrinhos que eu vi por lá, que são super peludos, para aguentar um frio abaixo de 40ºC, no inverno.

Sei que num lugar deste você não teria outra escolha, mas o que achou deste banheiro?

Beijos,
Ana Maria
LEIA MAIS