Testei no deserto de Dubai: Anthelios Airlicum FPS 70

Pouco antes de ir para Dubai, pesquisei muito sobre qual protetor solar super potente e que não deixasse minha pele gordurosa eu deveria levar para me proteger do sol escaldante de Dubai e, principalmente, para o Safari no Deserto, que eu iria fazer.

Anthelios Airlicum FPS 70
Protetor potente para enfrentar o sol do deserto

Pesquisa e resenhas feitas, decidi comprar o Anthelios Airlicum FPS 70, da La Roche-Posay. Este protetor foi desenvolvido especialmente para a pele da mulher brasileira, com o ativo Airlicum, que possui micropartículas matificantes que são capazes de promover um controle inteligente de brilho. Funciona assim: toda vez que a pele produzir oleosidade, o Airlicum é ativado e absorve esta oleosidade, deixando a pele sequinha e limpa. Sem contar o alto teor de proteção contra os raios UVA, que é 70.

Anthelios Airlicum FPS 70

O que diz o fabricante: o protetor solar antioleosidade Anthelios Airlicum FPS 70 protege contra raios os solares, controla a oleosidade com a tecnologia Airlicium e promove a sensação de pele limpa por 9h.

Anthelios Airlicum FPS 70
Ingredientes do Anthelios Airlicum FPS 70

É oil free, contém água termal La Roche em sua composição (reconhecida por suas propriedades antirradicais livres e suavizantes) e não possui parabenos em sua composição.

Anthelios Airlicum FPS 70

Minha experiência: como meu nariga é chato, o cheirinho, embora sutil,  não me agradou muito no início, mas depois acostumei. Quanto ao produto em si, ele é bem denso e até um pouco difícil de espalhar, mas este é o diferencial dele: o toque é super seco e não deixa passar uma gota de óleo. Protegeu a minha pele maravilhosamente bem. 
Andei muito debaixo do sol escaldante e impiedoso de Dubai, inclusive no deserto e em nenhum momento eu fiquei vermelha. Claro, reaplicava o produto umas 2 vezes ao dia, sempre que ia enfrentar o sol.  

Anthelios Airlicum FPS 70
Na mão os esbranquiçado não ficou evidente, mas no rosto... Não coloquei minha foto porque achei horrorosa.

Existe duas versões deste protetor, com ou sem cor. Comprei a versão sem cor, mas ele faz uma camada grossa esbranquiçada na pele que a gente fica parecendo da família do Gasparzinho. Impossível sair apenas com ele, sem aplicar uma boa camada de base por cima. O ruim era na hora de reaplicar: tinha que ser uma camada de protetor e outra de base. Como existe a versão com cor, acredito que este problema desapareça, pois foi o que mais me incomodou, embora o resultado final, pele seca e protegida, tenha sido excelente.

Comprei a embalagem de 50g, numa farmácia no centro de Porto Alegre, e paguei R$ 85,00.

Você já conhecia ou usou este protetor? O que achou?
Beijos,
Ana Maria
LEIA MAIS

Como é viajar no A380, o maior avião do mundo!

Na viagem para Dubai eu voei (ida e volta) com o A380 da Emirates, o maior avião de passageiros do mundo, que possui dois andares e capacidade para 525 pessoas em uma configuração de três classes (1ª Classe, Classe Executiva e Classe Econômica). 

A380 da Emirates
Foto Emirates

Se houvesse apenas a classe econômica, a capacidade subiria para até 853 pessoas. É muita gente num único avião!!!!  Mas como a Emirates oferece maior espaço entre as poltronas, o total de assentos nas 3 classes é de 489.

A380 da Emirates
 Aeroporto de Dubai e minha visão do A380,

O avião é enorme, gigantesco, tanto que eu nem tive acesso a vê-lo por inteiro. Só consegui ver uma parte e de longe, através do vidro do portão de embarque e depois, entrei pelo finger. Então isso foi o máximo que eu puder ver do A380.

A380 da Emirates
A380 da Emirates
Aeroporto de Guarulhos e muito cansaço, depois de quase 15h de voo.

Na parte externa da aeronave, como todas as outras da Emirates, existem  3 câmeras que a gente pode monitorar pela tela em frente e ter uma ideia do que está acontecendo em volta.

A380 da Emirates
 A380 visto através da câmera posicionada na cauda da aeronave.

A380 da Emirates
Na tela da poltrona podíamos escolher quais das 3 câmeras queríamos acompanhar

Eu viajei na classe econômica, que fica no primeiro andar da aeronave. A 1ª Classe e a Classe Executiva ficam no andar superior, mas nós, simples mortais que recebem em reais, não temos acesso, nem para dar uma espiadinha.

A380 da Emirates
A Emirates já opera com o A380 há 9 anos

Quanto ao espaço entre as poltronas, posso dizer que não percebi diferença do outro avião da Emirates, um Boing 777-300, ou seja, é igualmente bem espaçoso. E os aviões da Emirates são os que tem maior espaço na classe econômica que eu já viajei até hoje. Dá para espichar as pernas tranquilamente. Mas tem lugares ainda mais espaçosos na econômica, porém, paga-se de R$ 106,00 a mais de R$ 400,00 por eles. 

A380 da Emirates
Mapa de assentos do A380 (clique para ampliar)

Para marcar os assentos sem pagar nada por eles, a Classe Econômica libera apenas 48h antes do check in.Não consegui fazer online, então, para garantir, fiz minha reserva por telefone, mas não consegui um bom lugar. Mas não fiz o check-in online, então, pude mudar o assento na hora, no balcão da companhia.

A380 da Emirates
Detalhes dos assentos:  nº de poltronas  por classe e espaço

Os assentos marcados em verde como melhores, nem acho tão bons assim, fora que estes deve ser cobrado à parte pela escolha. No meu ponto de vista, os melhores são os marcados em amarelo, que além de ótimos, não se paga nada mais por eles.

Então, primeira dica: não faça check-in antecipado se você quer alterar sua poltrona. Depois do check-in feito, não é possível alterar.

A380 da Emirates
Tabela dos assentos (bons ou ruins)

Qual é o melhor lugar para reservar no A380?
Esta aeronave possui 4 divisões na classe econômica e no voo da ida eu fiquei no melhor lugar da classe econômica, pois o atendente em GRU foi muito atencioso. A primeira parte vai até o assento 50 e eu fiquei no 50A (janela, lado esquerdo da aeronave), ou seja, na última fila, sem ninguém para cutucar ou bater os pés atrás de mim.
Então, afirmo que a fila 50 é a melhor, mas apenas os assentos das filas de 3 poltronas. A fila de 4 poltronas não é tão bom assim, mas confira no mapa da aeronave para saber, pois depende da preferência de cada um.

*Melhores poltronas, no meu ponto de vista: 50A, 50B, 50C e 50H, 50J e 50K.

A380 da Emirates
Já confortavelmente instalada na poltrona 50A, primeira parte do A380

Se no voo de ida eu sentei na primeira parte do avião (foto acima), que eu apelidei de 1ª Classe da Classe Econômica, na volta, a atendente em Dubai não fez o menor esforço nenhum para nos acomodar (eu e minhas irmãs) melhor e nos colocou na fila 81, na quarta e última parte do A380. A poltrona não era ruim, nem posso reclamar, mas a localização era lá no "fundão", onde tudo era demorado e mais bagunçado (foto abaixo).

A380 da Emirates
Assento 81A (voo da volta), que não era ruim, mas era no fundão. 

A380 da Emirates
A380 Emirates - Primeira das 4 divisões da classe econômica

A cabine está iluminada e movimentada porque os passageiros ainda estão se acomodando para o voo, de São Paulo para Dubai.

A380 da Emirates
A380 Emirates - Quarta e última divisão da aeronave

Passageiros dormindo durante o voo e comissários arrumando a bagunça pós refeições.

A380 da Emirates

Telas individuais com centenas de opções de filmes, séries, músicas e logo abaixo, controle remoto, entrada USB e tomada para carregar eletrônicos, celular, tablets, etc.

Wifi a bordo: na classe econômica tínhamos 2 megas e duas horas de uso free. Querendo mais tempo, as tarifas começavam em US$ 9,90.

A cada voo, uma necessaire diferente

Cada passageiro, além de um travesseirinho, fones de ouvido e cobertor (estes eram cedidos apenas durante o voo, depois eram recolhidos), recebia de presente, uma necessaire com meias, tapa olho, tapa ouvidos, escova e pasta de dente.

A380 da Emirates

Recebemos estas etiquetas para colar no assento, se queremos ser acordados ou não para as refeições. Claro, acordada para todas, hahaha...

A380 da Emirates
Menu voo de ida São Paulo (GRU) x Dubai (DXB)

No bolsão da poltrona em frente tinha o Menu (em árabe e inglês), sempre com duas opções de refeições, onde variava apenas o tipo de carne (frango ou cordeiro).

A380 da Emirates
Uma das refeições

Foram servidas 2 grande refeições e dois lanches durante o voo, mas para quem sentir uma fominha extra, tinha frutas (maçã, peras e bananas) e chocolates à vontade. Isso no voo da ida, que foi na primeira parte do avião. Na volta, os lanches eram controlados.

Bebidas à vontade durante as refeições: sucos, água, chá, café, vinho, cerveja e licores.  Os lanches entre as refeições foram pizza e salgadinhos. Depois, água e sucos a solicitar aos comissários.

*Na primeira parte do avião, as frutas, chocolates, sucos e água ficavam expostos na "cozinha" à vontade para quem quisesse pegar. Na parte final, ficava reservado, mas era só pedir aos comissários que eles forneciam.

A380 da Emirates

No voo da volta, onde eu sentei na última parte, nem consegui ver sinal dos lanches extras, era tudo (escondido) controlado. Mas eu pedi uns chocolates e a aeromoça prontamente me atendeu. Dei uma volta até a parte dianteira, onde sentei no voo de ida e lá estava tudo à disposição dos passageiros, ou seja, o pessoal do fundão era mais faminto ou mais discriminado, hahaha...

A380 da Emirates
Sobrevoando Dubai

A380 da Emirates
Aeroporto de Dubai

E como é voar no maior avião do mundo?
Sobre o voo em si, não percebi nenhuma diferença entre voar no A380-800 e no B777-300, da Emirates. Nem no voo, nem no espaço entre os assentos, tudo praticamente igual. Só muda a quantidade de passageiros. E por mais assustador que possa parecer voar com 500 pessoas à bordo, tudo funciona igual, até a demora no recolhimento da bagagem (que foi rápido). Tudo muito organizado.

A380 da Emirates
Esteira no aeroporto de Dubai

A380 da Emirates
E uma alegria imensurável quando a mala chega!

E para finalizar, o que todo mundo me pergunta: quanto custa uma passagem para Dubai?
Isso depende do período e do local de origem. Mas vou considerar São Paulo (A380-800) e Rio de Janeiro (B777-300). O preço médio hoje, ida e volta, está entre R$ 4.800 e R$ 5.200, variando conforme o dia. E tem mais o voo de sua cidade até lá. Eu sugiro que você fique de olho nas promoções da Emirates, pois são bem vantajosas, dá para economizar cerca de R$ 1.000.

*Este relato refere-se à minha experiência na Classe Econômica do voo com o A380 da Emirates. Se alguém já voou Classe Executiva ou 1ª Classe e quiser deixar algumas dicas fique à vontade.

Então, gostou das minhas dicas? Ficou alguma dúvida?

Beijos,
Ana Maria
LEIA MAIS

Como é e onde fica Dubai!

Esta viagem que eu fiz recentemente a Dubai posso dizer que foi uma viagem de experiências! Dubai Experience é até um slogan muito usado lá, pois tudo o que fazemos em Dubai, podemos chamar de experiência.

Jumeirah Beach e o Burj Al Arab
Jumeirah Beach e o Burj Al Arab

Dubai é a maior cidade e também o maior emirado de mesmo nome, que faz parte dos Emirados Árabes Unidos, onde sete emirados constituem uma federação de monarquias absolutas hereditárias árabes.

Mapa com a localização de Dubai
Mapa com a localização de Dubai

O Emirado de Dubai está localizado na costa do Golfo Pérsico e é o emirado mais populoso, com aproximadamente 2.262.000 habitantes.

Dubai divide funções jurídicas, políticas, militares e econômicas com os outros emirados, embora cada emirado tenha jurisdição sobre algumas funções, tais como a aplicação da lei civil e fornecimento e manutenção de instalações locais. 

Dubai há 50 anos
Dubai há 50 anos

Dubai hoje
Dubai hoje

O que dizer de um emirado e cidade, onde, há menos de 50 anos, era praticamente deserto, camelos, beduínos e suas tribos, enfim, algo inimaginável se comparamos com a Dubai de hoje, com seus arranha-céus gigantescos, largas avenidas e onde tudo é superlativo, moderno, luxuoso.

Deserto de Dubai
Deserto de Dubai 

Dubai nos oferece muitos atrativos para compensar o calor seco e desértico da região. Agora está começando a alta temporada, ou seja, os meses mais frios, onde a temperatura oscila entre os 25 e os 30ºC. À noite até fica um pouco friozinho, talvez chegue a 20ºC, no auge do inverno. Mas eu já fui a Dubai em junho (2015), quando fazia 50ºC! É o inferno na terra! Sem condições de andar nas ruas.

Jumeirah Beach em Dubai
Jumeirah Beach

País muçulmano
Os Emirados são um país muçulmano, mas você não precisa ser muçulmano para viver lá. Pode fazer suas orações reservadamente, porém, não pode pregar a sua religião (evangelizar). As leis nos Emirados seguem a Sharia (lei islâmica) e são bem severas. Quem descumprir, paga multas altíssimas e/ou vai para a cadeia. Não há impunidade!

Deserto de Dubai
Deserto de Dubai

A origem
Existem registros da existência de Dubai há pelo menos 150 anos antes da formação dos Emirados.

Em 1820, Dubai era conhecida como Al Wasl por historiadores britânicos. No entanto, existem poucos registros referentes à história cultural dos Emirados Árabes, devido à tradição oral da região em passar suas tradições através do folclore e de mitos. 

As origens linguísticas da palavra Dubai também estão em disputa, alguns acreditam que a palavra possa ter origem persa, enquanto alguns acreditam que o árabe seja a raiz linguística da palavra. 
De acordo com Fedel Handhal, pesquisador da história e da cultura dos Emirados Árabes Unidos, a palavra Dubai pode ter vindo da palavra Daba (um derivado do Yadub), que significa rastejar; a palavra pode ser uma referência ao fluxo da enseada de Dubai para o interior.

Dubai tem sido governado pela dinastia Al Maktoum desde 1833. O atual governante de Dubai, Mohammed bin Rashid Al Maktoum, é também o Primeiro-Ministro e Vice Presidente dos Emirados Árabes Unidos.

As mesquitas estão em toda a parte em Dubai
As mesquitas estão em toda a parte

Pouco se sabe sobre a cultura pré-islâmica no sudeste da Península Arábica. Sabe-se apenas que muitas das cidades antigas na área eram centros de comércio entre os mundos Oriental e Ocidental. Os restos de um antigo manguezal, datados em sete mil anos, foram descobertos durante a construção de linhas de esgoto perto de Dubai Internet City. A área foi coberta com areia cerca de cinco mil anos atrás, quando o litoral recuou para o interior, tornando-se uma parte da costa atual da cidade. Antes do Islã, o povo desta região adoravam Bajir (ou Bajar).

Os impérios Bizantino e Sassânida constituíam as grandes potências da época, com o Sassânidas controlando grande parte da região. Após a expansão do islamismo na região, o califa omíada, do mundo oriental islâmico, invadiu o sudeste da Arábia e expulsou os Sassânidas. As escavações realizadas pelo Museu de Dubai, na região de Al-Jumayra (Jumeirah) indicam a existência de diversos artefatos a partir do período omíada.

Gold Souk em Dubai
Gold Souk, o Mercado do Ouro, fica na parte antiga de Dubai

A mais antiga menção de Dubai é de 1095, no "Livro de Geografia" pelo geógrafo árabe-Al-Andalus Abu Abdullah al-Bakri. O mercador veneziano de pérolas Gaspero Balbi visitou a área em 1580 e mencionou Dubai (Dibei) para a sua indústria de pérolas. Registros documentais da cidade de Dubai só existem depois de 1799.

Os arranha-céus de Dubai

De onde vem o dinheiro de Dubai
A receita do emirado é proveniente do turismo, do comércio, do setor imobiliário e dos serviços financeiros. As receitas de petróleo e gás natural contribuem com menos de 6% do PIB. Dubai tem atraído a atenção mundial por seus projetos imobiliários e acontecimentos esportivos.

Burj Khalifa, o prédio mais alto do mundo
Burj Khalifa, o prédio mais alto do mundo

Minhas experiências em Dubai
Eu visitei o Burj Khalifa, o prédio mais alto do mundo, o Burj Al Arab, um luxuoso hotel em forma de vela de barco que é o símbolo de Dubai, o Dubai Mall, que é o maior shopping do mundo, a Dubai Fontain, a maior fonte do de águas dançantes do mundo, o Ibn Battuta Mall, um shopping temático...

Madinat Jumeirah, Shopping e complexo hoteleiro de luxo
Madinat Jumeirah, Shopping e complexo hoteleiro de luxo

Também fiz um Safari no Deserto, andei de metrô, um dos mais modernos do mundo, fiz passeio de ônibus turismo e visitei também as cidades de Abu Dhabi e Sharjah, capitais dos emirados de mesmo nome.

Sheik Zayed, a grande mesquita de Abu Dhabi
Sheik Zayed, a grande mesquita de Abu Dhabi

Enfim, todos os passeios interessantes que eu fiz, vou mostrar aqui e no youtube, enriquecidas com dicas de cada passeio, quanto custa, onde comprar e como aproveitar melhor.

Vagões exclusivos para mulheres no metrô de Dubai
Vagões exclusivos para mulheres no metrô de Dubai

Parada de ônibus fechada, com ar condicionado
Parada de ônibus fechada, com ar condicionado

No final, farei um resumo com as principais informações e quanto custa viajar para Dubai, que é uma das maiores curiosidades e que todos me perguntam.

Dubai Mall, em frente ao Burj Khalifa
Dubai Mall, em frente ao Burj Khalifa

Por hoje fica esta apresentação e acompanhe o blog pelas redes sociais para saber o momento em que estará disponível e qual é o post/vídeo do dia. Te espero!

Beijos,
Ana Maria
LEIA MAIS

Lançamento em Dubai: Nivea Care

Não lembro se já foi lançado no Brasil (ao menos eu não vi este creme nas farmácias e mercados aqui no Sul), mas em Dubai o Nivea Care estava sendo lançado com muita divulgação em outdoors, placas, cartazes, enfim, este creme me chamou a atenção pela grande publicidade nas ruas e decidi comprar para testar.

Creme Nivea Care
De um lado da embalagem, escrito em árabe, do outro, em inglês.

Tem embalagem pequena, de 100ml e a grande, de 200ml. E também embalagem rosa e branco. Não sei qual a diferença entre elas, eu comprei a embalagem grande, azul e branca, que era a mesma que estava nos anúncios de outdoors.

Creme Nivea Care

O que diz o fabricante: o novo NIVEA Care é um creme multiuso para rosto e corpo. Contém hidro ceras suaves que são absorvidas diretamente na pele, deixando uma sensação de leveza e proporcionando mais de 24 horas de hidratação profunda. 

Creme Nivea Care
Ingredientes Nivea Care

O que promete:
Hidratação intensiva e rápida absorção;
Creme para rosto e corpo;
Hidratação profunda por 24 horas;
Rápida absorção;
Compatibilidade com a pele comprovada dermatologicamente.

Creme Nivea Care

Minha experiência: o Nivea Care é um hidratante para o rosto e o corpo, com o perfume tradicional do creme da latinha azul, porém, bem mais leve, fino e fácil de espalhar. É indicado para peles secas, mas não é gorduroso como o tradicional.

Imagino que em Dubai, com aquele clima seco do deserto, a pele resseca demais, porém, usar um creme oleoso que derrete no sol fica impraticável.

Creme Nivea Care

O Nivea Care espalha super fácil e a pele absorve rapidamente, nem parece um creme para pele seca, pois ele não é nada gorduroso. Deixa a pele bem macia e perfumada. A sensação é até refrescante, muito agradável. porém, o acabamento não é matte, fica levemente iluminado/brilhoso. Como eu tenho usado à noite, está ótimo, mas não sei como se comporta durante o dia ou se ele "conversa" bem com maquiagem.

Como o Nivea Care é indicado para peles secas e normais, mas  como ele não é gorduroso, eu diria até que pode ser usado por todos os tipos de pele, porém, quem tem a pele do rosto muito oleosa, apenas deve evitar passar nesta região, mas no pescoço e colo pode ser muito bom para hidratar.

Eu comprei o Nivea Care, 200ml, no Carrrefour que fica dentro do Mall of the Emirates, em Dubai e paguei 15 dirhans.

Como eu contei no início do post, em Dubai, o Nivea Care estava sendo lançado agora, mas já vi em alguns blogs portugueses que ele foi lançado na Europa há alguns meses.

Olhei no site da Nivea Brasil e não o encontrei, então acho que ainda não foi lançado por aqui. Mas se você já viu ou comprou este creme no Brasil, deixe nos comentários o que achou do creme, quanto pagou, etc. E se você encontrar, compraria?

Beijos,
Ana Maria

*Há alguns anos eu publiquei um post sobre a evolução do Creme Nivea, ao longo de 100 anos. Se você ainda não leu ou quer reler, é só clicar aqui: Curiosidades sobre o Creme Nivea
LEIA MAIS