Páginas

Passeio literário: 61ª Feira do Livro de Porto Alegre!

Para quem vem ou está em Porto Alegre, uma ótima pedida é um passeio pela Feira do Livro, na Praça da Alfândega, no centro da cidade. A Feira do Livro de Porto Alegre é um dos maiores eventos culturais do Sul do Brasil e uma das mais antigas do país.


A primeira edição da Feira do Livro de Porto Alegre aconteceu em 1955, idealizada pelo jornalista Say Marques, que se inspirou em uma feira que visitara na Cinelândia, no Rio de Janeiro. O objetivo era popularizar o livro e a leitura, uma vez que as livrarias eram consideradas ambientes elitizados na época. O primeiro slogan da feira foi: “Se o povo não vem à livraria, vamos levar a livraria ao povo”!


A Feira do Livro oferece obras de todos os gêneros e também promove várias atividades culturais gratuitas para públicos de todas as idades.

A Praça de Autógrafos era o único lugar mais agitado da feira neste final de tarde.

Estas atividades envolvem escritores, jornalistas, ilustradores, contadores de histórias, patrocinadores e diversos convidados especiais.


A rede de Supermercados Zaffari, um dos patrocinadores do evento, montou o palco "Consertos Comunitários", onde acontecem apresentações de músicas clássicas.

Aqui, um dos mascotes da Rede dançava uma música clássica com esta menininha.

Área dos patrocinadores da feira


Um dos stands da feira era do Recicla POA, uma iniciativa da Prefeitura de Porto Alegre, que visa conscientizar a população da importância de se reciclar o nosso lixo. Este elefante, a Recicleia, foi toda feita com plástico reciclado e chamou a atenção de todos os que passavam por ali.


Com mais de 60 anos de existência, a feira tenta sobreviver à crise e à era digital, tentando se manter firme para continuar despertando o interesse nos livros impressos. 


E neste ano, o slogan é “Livros ajudam a pensar” e o propósito é tentar reafirmar que, em um mundo no qual a informação está cada vez mais difusa, os livros têm o poder de aprofundar discussões e fazê-las avançar.


A 61ª Feira do Livro de Porto Alegre começou no dia 30 de outubro e vai até 15 de novembro. Estive passeando por lá hoje no final da tarde e, não sei se foi impressão minha ou não, mas eu achei a área da feira bem menor que outros anos.


Mesmo que você não tenha a intenção de comprar nenhum livro (se resistir), vale muito a pena um passeio pela Feira e pela Praça da Alfândega, o ambiente é muito legal. E quem não gosta ou tem receio de ir ao centro, não é necessário se preocupar, pois o local está muito bem policiado.

Memorial do RS (antigo prédio dos Correios)

A Área Internacional fica em frente ao MARGS - Museu de Arte do Rio Grande do Sul.


O Patrono da Feira do Livro de 2015 é Dilan Camargo, poeta, escritor e compositor, nascido em Itaqui/RS. A tradição de eleger um patrono para a Feira do Livro de Porto Alegre começou na 11ª edição, em 1965, com o jornalista, escritor e político Alcides Maya.


Apesar de ser uma sexta-feira, final de tarde e horário em que o pessoal que trabalha no centro estaria liberado para passear pela feira, eu achei tudo muito vazio. Imagino que todo mundo foi é para um happy hour pelos barzinhos da Cidade Baixa...


Como eu ainda tenho um certo pânico de multidão, porque voltei a caminhar recentemente, gostei muito de andar bem tranquila pela feira, mas imagino que os livreiros e organizadores não gostaram nem um pouco.

*Para quem não acompanha o blog: eu fraturei o tornozelo, rompi os ligamentos, passei por cirurgia e fiquei quase 4 meses sem poder caminhar.


Horário de funcionamento da Feira do Livro:
Área Infantil e Juvenil: 9h30min às 21h 
Áreas Geral e Internacional: 12h30 às 21h 
Sábados: 10h às 21h 
Domingos: não consta no site, mas deve ser o mesmo horário dos sábados.

Para ampliar, clique na imagem!

Esta foi a minha dica de um passeio cultural para quem está em Porto Alegre por estes dias. Lembrando que a Feira do Livro vai até o dia 15 de novembro.

Você costuma ir a Feira do Livro de sua cidade? E para quem é ou está em Porto Alegre, já foi este ano? O que achou?

Beijos,
Ana Maria
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

2 comentários :

  1. Nunca fui à uma feira do livro, mas gosto muito de ler e não gosto de livro digital, bom mesmo é impresso...rsrs

    bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nanda, é bem interessante, tem muitos lançamentos com tardes de autógrafos, boas promoções e gente interessante circulando por lá.
      Também não curto livro digital, gosto de ter o prazer tocar com os dedos e folhear vada página. Sem contar o cheirinho de livro novo..
      Beijos

      Excluir

Obrigada por comentar!
É bom demais receber o retorno dos leitores. Responderei o mais breve possível, então lembre-se de voltar aqui depois para ler a sua resposta.

*Você pode também marcar "Notifique-me", para ser avisado por e-mail quando o seu comentário for respondido.