Páginas

Compras nos Free Shops de Rivera/UY

Existem 5 pontos de free shops nas cidades uruguaias que fazem fronteira com o RS: Rio Branco, Chuy, Aceguá, Artigas e Rivera. Eu conheço Rio Branco, Chuy e Rivera, esta última, a minha preferida, pois é a maior  e com muito mais opções de lojas. 


Embora Rio Branco seja mais próximo de Porto Alegre (cerca de 400km) e tem grandes lojas como a Neutral, em Rivera, a 500km daqui, se encontra muito mais variedade, em tudo. 

A estrada está em ótimas condições (até 2 anos atrás estava um horror, em alguns trechos tínhamos que andar pela contramão para desviar dos buracos) e é muito tranquila. Só se vê campo de um lado e de outro da estrada, alternando com algumas cidades.

Cerro de Palomas, próximo a Santana do Livramento 

A cidade de Rivera/UY é separada de Santana do Livramento/BR apenas por uma praça, a Praça Internacional, onde metade da praça é no Brasil e a outra metade no Uruguai. Esta fronteira é conhecida como Fronteira da Paz.

Praça Internacional e o Obelisco

Eu “quase” enlouqueço quando viajo para Rivera! São mais de 60 lojas de free shops e tem uma variedade enorme de produtos de beleza, perfumes, bebidas, eletrônicos e muito mais. Eu costumo ir a Rivera em torno de 2 vezes por ano, depende do meu estoque de perfumes e maquiagem, he, he... A última vez que fui faz mais ou menos 20 e poucos dias.

O que vale muito a pena mesmo comprar são perfumes, cosméticos e bebidas. Praticamente 1/3 do valor que pagamos aqui no Brasil. Óculos, relógios e tênis custam, em média, a metade do valor.

Para se ter uma ideia, comprei um óculos Ray Ban, paguei U$167,00 e em Porto Alegre, o mesmo modelo está R$690,00

Por este relógio Guess, paguei U$184,00, em Porto Alegre encontrei por R$890,00.


O perfume Coco Mademoiselle EDP 100ml, da Chanel: U$110,00 e no Brasil está + ou - R$500,00. Esmaltes da Revlon, por U$5,50 enquanto que no Brasil estão em média R$20,00. Mas estes são apenas alguns exemplos...

Eletrônicos e produtos de informática depende muito. Lá não tem a variedade e os lançamentos que se pode encontrar em NY, Miami ou mesmo em Ciudad del Este (Paraguay). A regra é pesquisar sempre para saber se vale a pena.

Nas farmácias podemos encontrar produtos da Vichy por ótimos preços, mas as 2 farmácias centrais só funcionam até sábado ao meio-dia. Tem uma farmácia 24h próx. à rodoviária, mas nesta tudo é mais caro e não tem muita coisa, mais medicamentos mesmo.

A avenida principal é a Sarandi, onde se concentram a maioria das lojas e depois é a Av. Paysandu. Nas outras ruas laterais é bom para garimpar, sempre se encontra alguma pechincha diferente.

Lojas que conheço bem e recomendo em Rivera: Barão, Zebra, Neutral - são 2 lojas, mas a que fica em frente à Praça Internacional é outlet, Siñeriz - esta é imensa, vende praticamente de tudo, Colonial, The Place e Fervi - esta é bem pequena, nem tem site, mas sempre tem coisas legais. Tem a Duty Free América também, enorme, com 2 pisos, muito bonita, mas nesta os preços dos produtos costumam ser um pouquinho maiores, às vezes centavos e às vezes dólares a mais, dependendo do produto. Não me refiro à cotação do dólar, mas na moeda mesmo. Se comprar vários produtos, a diferença pode pesar. As roupas, no andar de cima, costumam ter preços bons.

Geralmente os preços de perfumes e bebidas são iguais em todas as lojas, mas algumas oferecem brindes ou kits que fazem valer a pena optar por esta ou aquela loja.

O ideal é comprar primeiro as coisas que já estão na nossa lista e que não precisamos escolher cor, tamanho ou modelo, como perfumes, maquiagem, shampoos, cremes e depois, escolher com calma as roupas, tênis, relógios, óculos, bolsas, etc.

Tem também 2 lojas com produtos para cabelos, estas não são free shops, mas vendem as melhores marcas profissionais com ótimo preço. Uma fica em frente a Siñeriz (só não lembro o nome) e a outra é a Salón Green, que fica dentro da Place.

E recomendo ainda 3 lojas uruguaias: a Tiendas Montevideo, para comprar tecidos, tapetes, almofadas e roupas de cama e as lojas Indian e Parisien, para roupas femininas e acessórios. Nestas 2, a maioria das peças vêm da China ou da Índia, mas dá para garimpar coisas bem legais e por um preço excelente.

Os sites das lojas de free shop são bem simples e não mostram nem metade do que têm para vender, mas o site da Siñeriz e o da Neutral são um pouco mais completos que os demais. Quando eu preciso saber alguma informação, costumo enviar e-mail. A Siñeriz responde logo, a Barão demora um pouquinho e a Neutral, pelo menos para mim, nunca retornou. A Zebra e a Colonial também respondem, mas às vezes demoram. Para outras lojas eu não escrevi ainda.

Importante: o contato com as lojas é só para esclarecer dúvidas ou saber valores, pois pela legislação brasileira, estes free-shops não podem fazer entregas para o Brasil. Temos que ir lá para comprar. O limite é de US$ 300,00 dólares por pessoa, já que o acesso é terrestre (raros brasileiros vão de avião à Rivera), mas coisas de uso pessoal não entram na cota, como óculos, relógios, roupas, tênis, mas desde que não se leve em quantidade, é claro. 

As principais lojas, com exceção da Barão, abrem aos domingos, algumas até às 13h e outras até o final da tarde.

Tem também muitos camelôs pelas ruas, mas não é recomendável comprar deles, pois a chance do produtos serem falsificados é grande. 

O pagamento pode ser em reais, pesos uruguayos, dólar ou cartão de crédito internacional. Uma vantagem que algumas lojas oferecem para quem tem cartão do Banco do Brasil: dependendo do valor, as compras podem ser parceladas, sem juros (apenas pela cotação do dólar), em até 4x. 

A desvantagem de comprar com cartão de crédito é que só vamos saber o valor real da compra na data de vencimento do cartão (a supresa pode ser boa ou não), mais IOF de 6,38% e a desvantagem de pagar em reais: geralmente a cotação do dólar nas lojas é bem mais alto que o oficial, utilizado pelos cartões.

Onde se hospedar: em Livramento, existem muitas opções de hotéis, mas nenhum de luxo. O mais procurado é o Hotel Jandaia

Em Rivera os hotéis são beeem mais simples e antigos. Para ficar bem instalado lá, nem pensar em ficar em apto standard, tem que ser luxo ou super luxo. A vantagem é a localização, muito boa para ir “largando” as compras e não ficar carregando peso. Hotéis como o Uruguay Brasil e Nuevo Hotel são muito bem localizados, porém muito antigos. 

O Casablanca também é bem localizado e tem uma parte reformada, mas o café da manhã é muito simples mesmo.

Existe uma exceção em Rivera em matéria de conforto: em novembro de 2011 foi inaugurado o Rivera Casino & Resort, próx. à praça que divide os 2 países. Não é tão luxuoso quanto eles divulgam, mas é muito bonito. Os quartos são bem confortáveis, com aquele cheirinho de novo. Tem 2 restaurantes, o Aurora Buffet para café da manhã e almoço e o Gaúcho Restaurante, que funciona à noite. O Restaurante Gaúcho é muito legal, o atendimento é ótimo, a comida é sofisticada, porém é mais bonita aos olhos do que ao paladar. 

Exemplo: meu marido pediu uma massa com frutos do mar e percebeu que utilizaram massa congelada, o que diminui muito o seu sabor e olha que em Rivera se encontra tanta variedade de massas frescas... Mas o vinho que bebemos, um Tannat Rosé, foi excelente! Existe ainda um cassino no hotel (além de spa, solarium, piscina...), são 2 pisos, no térreo ficam as mesas de jogos e as roletas e no 2º piso as máquinas caça-níqueis. 

Bem encima do cassino ficam 6 apartamentos de luxo reservados exclusivamente aos jogadores.

Sala com mesas de jogos e roletas no Rivera Casino & Resort

Confesso que não me atrai esse tipo de diversão, pois não gosto de perder dinheiro. E ganhar, só para quem joga muito e mesmo assim, quanto já não perdeu?!

Sugestões de restaurantes para almoço ou jantar: aconselho a ir nos restaurantes e churrascarias típicas, a carne é muito saborosa e o preço é ótimo. O restaurante do Hotel Uruguay Brasil e o La Leña Parrillada são boas opções e outra melhor ainda é o Galpón Parillada. O Bar Americano Parrillada é bem mais simples que os já citados, mas as carnes são excelentes, porém uma vez flagrei o “asador” passando a manteiga na minha batata assada com o dedo! Écaaaaaaaaa! Mas eu comi a batata mesmo assim, só raspei fora a manteiga (eu estava morrendo de fome).

Para quem não gosta muito de carne e prefere comer pizza, uma sugestão é a Girasoles Restaurante y Pizzeria

Os restaurantes indicados são todos centrais e fáceis de encontrar, nem preciso detalhar o endereço.

Dica: entre uma compra e outra, parada obrigatória na tradicional Confitería City, ao lado do Hotel Uruguay Brasil para saborear doces, alfajores e lanches deliciosos e, para beber, suco de Pomelo. Eles chamam de suco, mas na verdade é um refrigerante de Pomelo, uma fruta típica de lá. O melhor é o Paso de los Toros, o Pomelo da Fanta não gostei muito.

Mas ir a Rivera não significa que só existem os free shops para compras e o cassino para diversão, pode-se explorar a região, tem outras coisas legais para fazer também. Mas eu confesso que, mesmo já tendo viajado tantas vezes para Rivera, só vou lá para fazer compras.

Quem sabe numa próxima viagem eu não aproveite para conhecer outras coisas além dos free shops?!

Se você conhece a parte turística de Rivera e arredores, pode deixar alguma dica por aqui.

Beijos,
Ana Maria
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

24 comentários :

  1. Oi Ana, lindo blog, adorei! Já estou seguindo!

    beijos

    ResponderExcluir
  2. Oiii! moro perto a 2 horas de rio branco
    e 4 horas de rivera!!
    Nunca fui em rivera mas to louca pra ir !!!
    Gostaria de saber se a marca Vichy tem lá? e se sim AONDE *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rapha! Nossa, que beleza morar perto de free shop. Ia ser a minha perdição, hehehe..
      Em Rivera eu vi que tem Vichy sim, mas não nos free shops e sim, nas farmácias. Tem uma farmácia na Avenida Sarandi e outra numa travessa da Sarandi, próx. à Zebra Free Shop. Nesta farmácia eu vi vários produtos Vichy, agora, não sei se tem o produto que você quer.
      Ainda não conheço o shopping que inaugurou em agosto de 2012, lá deve ter farmácia também, irei na semana que vem e confiro as novidades. Se vir Vichy em mais algum lugar, te respondo por aqui. Bjs

      Excluir
    2. Ah que bom , com certeza vou dar uma passada nessa farmacia !!
      só espero que o preço seja mais barato ! pq aqui no brasil é bem salgadinho :(((
      Outra coisa que queria te perguntar , sera que lá tem o primer the POREfessional da benefit ? que todas meninas tanto falam !!!

      Excluir
    3. Rapha, mais barato que no Brasil é, com certeza.
      Olha, infelizmente não lembro de ter visto nenhum produto da Benefit em Rivera...
      Bjs

      Excluir
    4. Ana não quero abusar da tua boa vontade , mas não posso deixar de perguntar
      se tem a minha marca queridinha por lá a " la roche " em rio branco não tem ....
      lá em rivera tem??
      prometo ser a ultima vez que pergunto kkkk

      bjooos

      Excluir
    5. Oi Rapha. Fui a Rivera neste final de semana e não lembro de ter visto nenhum produto da La Roche. SE tiver, é pouca coisa. Como não estava procurando, não me chamou a atenção.
      Os da Vichy tem bastante, vi numa farmácia que fica numa rua lateral á Av. sarandi, quase esquina com as lojas Zebra. Bjs

      Excluir
  3. Saaaudade de quando eu morava em Rosário do Sul!
    Era bem pertinho de Rivera :D
    Muito bom fazer compras lá \o



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luisa,
      Se eu morasse em Rosário, não compraria um grampo lá, gastaria todas as minhas Dilmas em Rivera, hehehe...
      A propósito, estou indo para lá amanhã, quero conhecer o novo shopping da Siñeriz! Bjs

      Excluir
  4. Relogios valem a pena em rivera? Tem a marca invicta?
    Existem roupas de marca (como Tommy, lacoste, etc.)?

    Belo Blog, Gostei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carlos, muito obrigada.
      Agora, com o novo shopping da Siñeriz (inaugurado em agosto de 2012), tem muita marca de roupa por lá sim. Antes era mais restrito. No Shopping da Siñeriz você encontra Tommy, Lacoste e muitas outras marcas internacionais. O shopping é imenso, cada marca de roupa tem sua "ilha", você vai adorar. Você encontra bons preços também de Tommy na DF America, na Sarandi.
      Não lembro da marca invicta, mas você encontra relógios na Zebra, na Neutral e nas 2 lojas da Siñeriz. Vale a pena sim e óculos também. Metade do preço, no mínimo. E em muitas lojas, com o cartão do Banco do Brasil, você pode parcelar (conforme o valor também) em até 4 vezes sem juros.
      Acompanhe o blog na próxima semana, vou abordar mais sobre estes free shops. Abraços

      Excluir
  5. Oi..

    Adorei o blog.

    Gostaria de saber se em Riveira encontramos tenis com bons preços?
    Temos marcas como louis vuitton?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paulo, muito obrigada.
      Em Rivera você pode encontrar tênis com bons preços sim. Na Av. Sarandi tem 2 lojas de roupa e material esportivo que vendem, mas a variedade de modelos deixa a desejar. Na neutral e Siñeriz da Sarandi também tem alguns modelos.
      Mas você pode encontrar mais opções (de tudo)no novo shopping que a Siñeriz inaugurou (fora do centro), é enorme (10.000 m2 de free shop). Tem muitas marcas top e algumas de luxo, mas não lembro de ter visto Louis Vuiton. Abraços

      Excluir
  6. Oi boa tarde...

    E sobre as fiscalizações? é muito intensa?

    Se eu comprar roupas e tirar etiqueta, corro o risco de ser pego?

    Obrigado de novo, descupe o encomodo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carlos, boa tarde!
      A fiscalização não é tão intensa, com exceção próximo de datas mais importantes (Dia das Crianças, Natal, férias de julho). Eu nunca fui parada, mas conheço gente que já foi diversas vezes. É questão de sorte mesmo.
      Roupas, se você tirar a etiqueta eles não tem como diferenciar se são roupas suas ou se você comprou. O foco é nos eletrônicos, tem que ter mais cuidado.
      Raramente eu compro eletrônicos em Rivera, os preços não são tão barbada assim. O que vale mesmo à pena são cosméticos e bebidas. E algumas roupas de marca e bolsas também valem, mas tem que procurar e pesquisar. Só as bebidas e cosméticos/perfumaria são meio que tabelados, o resto tem boas diferenças de valores.
      Imagine, sempre as ordens.
      Abraços

      Excluir
  7. consigo achar produtos da Moroccanoil?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Tem Moroccanoil lá em Rivera sim.
      Vi alguma coisa na Neutral da Av. Sarandi e uma quantidade maior (máscara, óleo, shampoo, shine, etc) no novo shopping da Siñeriz.
      Mas achei os preços do Moroccanoil absurdamente caros, nem parecem preços de free shop.
      Abraços,

      Excluir
  8. oi, vale mais a pena levar dinheiro em dollar ou real?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Tanto faz. Se você já tiver dólares com você, leve-os, mas se tiver que comprar, não vale a pena.
      Pagar com cartão também não, pois tem a taxa de 6,38% do IOF.
      Nos cartões do Banco do Brasil dá para parcelar em até 6 vezes, conforme o valor da compra, nas lojas maiores.

      Excluir
    2. Então mesmo o real valendo mais que o peso uruguaio não faz muita diferença já que os preços são em dólar, certo? estou um pouco confusa nessa questão...

      Excluir
    3. Olha, você pode pagar também em peso uruguaio ou reais, mas nos free shops, a moeda base é o dólar e você vai sentir no bolso a comparação com o real mesmo.
      Mas nas lojas uruguaias, nos restaurantes e nas lojas que vendem produtos para cabeleireiros, a moeda base é o peso.

      Dá para se confundir mesmo, mas pense em dólar que não tem erro.

      Excluir
  9. Oii, adorei as dicas!! vi você falando dos eletronicos, no meu caso unica coisa que eu penso em comprar de eletronico é uma camera profissional, mas irei usala, pretendo trazer usando pra casa, sera que tem perigo de ser pega? obrigadaa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Você pode encontrar lançamentos em câmeras na Siñeriz. Se não tiver no free shop da Av. Sarandi, você poderá encontrar no Shopping Siñeriz.

      Bom, perigo de ser pega sempre há, mas se você comprar apenas uma câmera, poderá passar como de uso, não te garanto isso, pois como é free shop de fronteira via terrestre, não se aplicam as mesmas regras dos free shops de aeroporto. Nestes não haveria problema algum.

      Mas dá uma lida no site da Receita Federal e no post que eu falo sobre o que se pode ou ão trazer e as cotas.

      Beijos

      Excluir

Obrigada por comentar!
É bom demais receber o retorno dos leitores. Responderei o mais breve possível, então lembre-se de voltar aqui depois para ler a sua resposta.

*Você pode também marcar "Notifique-me", para ser avisado por e-mail quando o seu comentário for respondido.