Os aposentos dos Marajás no Forte de Jodhpur!

O Mehrangarh Fort é tão belo, imponente e rico em detalhes, que não consegui resumir tudo em um único post. No anterior eu mostrei a parte externa e contei um pouco sobre a sua história. Neste, vou mostrar os principais palácios do Forte, que eram os aposentos dos marajás, alguns pátios internos e o restaurante.

Vamos entrar?

Vem comigo conhecer mais detalhes deste guardião da rica história e cultura do Rajastão, na Índia.

Se o Forte impressiona por fora, também não decepciona por dentro.

Shringar Chowk

Após a entrada principal, chamada de Jai Pol, este é o primeiro pátio interno do Forte, o  Shringar Chowk, que era usado para as cerimônias reais, como a unção dos marajás.

Trono usado para a unção dos marajás de Jodhpur

A riqueza de detalhes torna tudo excepcional

Este é outro belíssimo pátio interno

Corredor super estreito que ladeia parte de um dos pátios internos.

Em alguns pontos do corredor, temos acesso a mais uma incrível vista de Jodhpur.

Todos os funcionários do Forte usam turbante, que é típico dos homens do Rajastão.

Agora, alguns dos aposentos mais impressionantes dos Marajás que moraram no Forte. São chamados de Palácios, mas na verdade são salas, algumas até bem pequenas.

Moti Mahal 

Moti Mahal (Palácio das Pérolas), foi construído por Raja Sur Singh e era onde o Marajá costumava sentar-se em seu trono para receber os seus súditos em audiências. Tem cinco alcovas e varandas escondidas. Acredita-se que as varandas foram construídas para que as cinco rainhas do Marajá pudessem ouvir as reivindicações. 

Takhat Vilas 

Takhat Vilas (Câmara do Marajá Takhat Singh): o Marajá Takhat Singh (1843-1873) construiu o Takhat Vila, que serviu como seu quarto durante o tempo de seu reinado. Takhat Vilas era o patrono das artes e foi o último governante de Jodhpur a residir no Forte de Mehrangarh. Este aposento apresenta uma mistura de estilos hindus e britânicos. No piso, uma pintura que imita tapete e nas paredes, pinturas e detalhes em laca. No teto, várias bolas coloridas e vigas de madeira complementam a decoração. Tudo está em ótimo estado de conservação.

Phool Mahal 

Phool Mahal (Palácio das Flores), construído no século XVIII por Jaswant Singh II, é um aposento grande, decorado com muito ouro, vindo de Ahmedabad (Gujarat) e pequenos mosaicos coloridos. Este era um aposento exclusivo de uso do marajá e seus convidados. Também era conhecido como Sala do Prazer, pois era aqui que as dançarinas vinham entreter o marajá e seus convidados.


Infelizmente, quase todas as fotos que eu tirei do Phool Mahal ficaram muito escuras, mas já é possível ter uma ideia do luxo...

Sheesh Mahal 

Sheesh Mahal (Palácio dos Espelhos) é uma pequena sala repleta de espelhos de diferentes tamanhos, combinados com molduras de gesso e pinturas de deuses hindus. Este aposento era usado para devoção religiosa.


As mulheres da corte não tinham livre acesso às dependências do Forte, porque não podiam ser vistas por qualquer pessoa, mas podiam espiar através destas janelas.

Pátio das Mulheres

Este espaço era destinado às mulheres dos marajás, tanto as oficiais quanto às concubinas, pois este era o único lugar a céu aberto permitido para elas circularem, ouvirem música, pintarem quadros, conversarem...

Deixando meu registro no  hall das mulheres

Hã? Indianos ciganos?

Placa oferecendo leitura das mãos, colocada estrategicamente no pátio das mulheres. Certamente que isso não era permitido às mulheres da corte. Pelas fotos na placa, imagino que os homens não se interessam por este serviço. 


Depois de percorrer boa parte do Forte, bate o cansaço e a fome. Dentro do Forte existem algumas cafeterias e um restaurante, onde eu fiz uma pausa para o almoço. 

Cafe Mehran Terrace

Como já era umas 15h, o local estava bem vazio e fui atendida rapidamente.


As mesas são bem simples, mas a decoração é interessante. Arcos trabalhados por todo o ambiente e, nas paredes, grandes quadros com pinturas dos últimos Marajás de Jodhpur.

Selfie com "papagaios de pirata"!!!

Eu pretendia encerrar os posts sobre o Mehrangarh Fort em duas partes, mas não consegui. Como sou detalhista, quero mostrar uma "cobertura" mais completa, principalmente com fotos, pois acredito que uma imagem vale por mil palavras.

Então, próximo post vou mostrar alguns objetos usados pelos marajás e a corte que habitava o Forte.

Você gostou do interior do Mehrangarh Fort? O que mais lhe impressionou?

Beijos,
Ana
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário :

Postar um comentário


Obrigada por comentar! É bom demais receber o retorno dos leitores.
Responderei o mais breve possível, então lembre-se de voltar aqui depois para ler a sua resposta.

*Você pode também marcar "Notifique-me", para ser avisado por e-mail quando o seu comentário for respondido.