O mundo é um ovo!

Sim, o mundo é um ovo! Quem nunca ouviu esta expressão, principalmente quando nos deparamos com alguma coincidência pouco provável de acontecer? 

Ao mesmo tempo que achamos o nosso planeta enorme, com lugares incríveis, que demoraríamos muito mais do que a nossa vida para conhecer tudo, ele também parece ter o tamanho de um ovo, ou seja, é muito pequeno.


Independente de eu ter um blog, pois hoje, com as redes sociais aproximando as pessoas (ou afastando, conforme o caso), o "Mundo Ovo" pode acontecer com qualquer um, em  qualquer lugar do planeta.

Volta e meia algum leitor(a) me reconhece no shopping ou em alguma feira e vem falar comigo. Acho isso o máximo, porque prova que essa pessoa gosta do que eu escrevo e memorizou meu rosto. 
Às vezes eu também percebo que alguém fica me olhando muito, mas não vem falar comigo. Talvez não se lembre exatamente de onde me conhece ou está sem jeito... E eu também acabo esquecendo que tenho um blog e que milhares de pessoas me leem todos os dias (mas se eu penso muito sobre isso, me dá nervoso....).

Mas o motivo de eu ter me inspirado para escrever hoje sobre este assunto é que ontem à noite, a Tainá Stelmach, também integrante de um dos grupos no facebook sobre a India que eu participo, me mandou um recado que me deixou impressionada e com a certeza de que o mundo é realmente um ovo. Tirei uma print e pedi autorização da menina para divulgar, obviamente:


Você não acha isso incrível? Num Jardim/Parque, na cidade de Amristar, Estado de Punjab, quase fronteira com o Paquistão, a Tainá Stelmach, me viu por lá. Isso num país enorme, com mais de um bilhão e 300 milhões de habitantes (fora os turistas).

A Tainá me viu e me reconheceu, só que na hora ela não teve a certeza de onde me conhecia. Talvez ela também tenha se intimidado um pouco com a quantidade de indianos em volta de mim para tirar fotos. Sim, os indianos adoram tirar fotos com os turistas, mas eu percebi que comigo foi algo até exagerado...


Estas foram algumas das fotos feitas dentro do Jallianwala Bagh, a pedido dos indianos! E todos curiosos para saber de onde eu era e o que estava fazendo ali!

E com você, já aconteceu alguma coincidência  parecida, que te fez pensar que este mundo é realmente um ovo? Me conte aí nos comentários, eu gostaria muito de saber!

Beijos,
Ana

Para ler o post sobre o Jallianwala Bagh, é só clicar aqui.
Para assistir ao vídeo sobre o Jallianwala Bagh, clique aqui.
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

8 comentários :

  1. Sim Ana, o mundo é mesmo pequeno.
    Um dia eu estava em Portugal e encontro um colega de serviço na estação de trem do Porto
    Eu li no face que sua amiga te viu e ficou sem jeito de falar com você
    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLá Sueli!,
      Pois é, e você nem sabia que a sua colega estaria por lá, não é? Encontrar pessoas conhecidas em um lugar bem improvável é de se pensar mesmo que o mundo não é tão grande assim...
      Beijos

      Excluir
  2. Nossa que legal!! Ja aconteceu de eu ver alguma blogueira na rua e ficar com vergonha de conversar, acho que ela se sentiu assim também !
    Muita coincidência na Índia, mas eu não perderia a chance de tomar um café com você, não mesmo! Hahahaha
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Star, muito legal mesmo! Não sei, acho que eu também ficaria com vergonha de abordar, mas na visão do outro lado, eu considero maravilhoso ser abordada. A pessoa me reconheceu, prova de que dedicou alguns instantes da sua vida para ler/assistir, ao menos, um dos meus posts ou vídeos que, de alguma maneira, ficou registrado na memória dela. Isso não tem preço.
      Já aviso que quem me reconhecer, pode me abordar, se der para tomar um café, melhor ainda. Estes são momentos que tornam nossa vida especial.
      E eu ainda vou para São Paulo tomar um café com você, me aguarde!
      Beijos

      Excluir
  3. Que coincidência mesmo! Tá ficando famosa, Ana hahah Esse dia tava lindo e esse parque tem uma história muito interessante. Muito bacana relembrar a experiência pelos teus relatos!
    Beijão :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tainá, eu acho isso muito incrível. Chamamos de coincidência, mas há quem diga que coincidências não existem, então... algum significado deve ter.
      Hahahaha... eu nem tenho a pretensão de ficar famosa, mas eu adoro quando me dizem que leem o meu blog ou assistem aos meus vídeos, pois eu sou uma apaixonada e viciada por viagens e minha intenção é "contaminar" o maior número possível de pessoas. Viajar é transformador! Bom, mas isso você já sabe, tanto quanto eu!
      Beijocas

      Excluir
  4. Muito legal...kkk
    Com o tamanho de Índia foi realmente uma grande coincidência!
    Comigo ocorre o oposto, as pessoas vem me cumprimentar e eu não lembro quem é a pessoa...😨...sou péssima fisionomista então vivo pagando mico.😁

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Laurina, sim, foi algo bem incrível mesmo, principalmente se levarmos em conta a multidão que existe por lá.
      Ah, mas esse mico de não reconhecer as pessoas não é especialidade sua, eu também sou péssima fisionomista e já passei muita vergonha, hahaha... Nomes eu até consigo gravar, mas a fisionomia, nem sempre.
      Beijocas

      Excluir


Obrigada por comentar! É bom demais receber o retorno dos leitores.
Responderei o mais breve possível, então lembre-se de voltar aqui depois para ler a sua resposta.

*Você pode também marcar "Notifique-me", para ser avisado por e-mail quando o seu comentário for respondido.