É hoje: Diwali, o Festival das Luzes na Índia!


Infelizmente, não estou na Índia para conhecer e participar do Diwali, um dos maiores e mais importantes festivais religiosos na India para o hinduísmo, mas também celebrado no sikhismo, budismo e jainismo. E eu não podia deixar passar em branco, já que a sua importância se equivale ao Natal e Ano Novo, para os cristãos.


O Festival Diwali é um grande feriado indiano que marca o início do ano novo para os hindus e onde as luzes ou lâmpadas significam a vitória do bem sobre o mal, da luz sobre a escuridão, do certo sobre o errado e do conhecimento sobre a ignorância, dentro de cada ser humano.

Origem do Diwalio festival começou a ser comemorado no século XV, para marcar o fim da safra de verão, a última colheita antes do inverno. Na agricultura, os indianos sempre oravam para Lakshimi, a Deusa da Colheita, pedindo sua bênção para uma safra de muita fartura e sucesso nos negócios. Por isso, o Diwali marca também o início de um novo ano financeiro.


O Diwali é comemorado no primeiro dia do mês lunar Kartika, que ocorre no mês de outubro ou novembro, conforme o ano e coincide com a mais escura noite de lua nova do mês. Este ano o Diwali acontece em 11 de novembro, ou seja, agora já é noite da Índia e todos estão festejando! É uma época de muita religiosidade, votos de sacrifício e de introspecção. Também é momento de pedir e desejar prosperidade e fartura!


E nos dias que antecedem o Diwali, as pessoas limpam, reformam e decoram suas casas, empresas, lojas e escritórios, envolvendo a participação de todos os parentes, colegas e amigos. As preparações e rituais normalmente se estendem por um período de até cinco dias. 


As famílias desenham rangolis no chão e, na noite do Diwali, acendem lâmpadas e velas no interior e no exterior de suas casas. 

*Rangoli é uma arte popular da Índia nas quais os padrões são criados no chão, em quartos ou pátios, utilizando materiais como arroz colorido, farinha seca, areia colorida ou pétalas de flores vivas

Nesta noite, as reuniões familiares normalmente incluem uma ceia, com doces, frutas e cereais da estação e troca de presentes entre os familiares e amigos, que depois preparam um belo espetáculo de fogos de artifício e luzes. Os indianos já adoram cores e brilhos em dias normais, imagino o que deve ser a Índia toda iluminada durante este festival!


Além da India, o Diwali é também comemorado no Nepal e em outros países onde se concentram um número maior de seguidores das religiões citadas no início do post. 

*Aproveitei esta data do Diwali para também fazer as minhas orações e pedir muita prosperidade!

Você já tinha ouvido falar neste festival? Eu só soube da existência dele quando fui à Índia. Eu já sabia o Ramadã, período religioso dos muçulmanos, mas sobre o Diwali, que engloba várias religiões, eu nunca tinha prestado prestei muita atenção sobre isso...

Beijos, 
Ana
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
É bom demais receber o retorno dos leitores. Responderei o mais breve possível, então lembre-se de voltar aqui depois para ler a sua resposta.

*Você pode também marcar "Notifique-me", para ser avisado por e-mail quando o seu comentário for respondido.