Humayun's Tomb, o irmão mais velho do Taj Mahal

O post de hoje é bastante interessante, pois vou falar sobre um monumento que possui um significado cultural muito especial, pois foi o primeiro jardim-túmulo no subcontinente indiano e uma das primeiras construções do período mongol na Índia. 

É o Humayun's Tomb (Túmulo de Humayun), em Delhi, capital da India,  que também serviu de inspiração para a construção do Taj Mahal, um século depois, na cidade de Agra. 
  
Humayun's Tomb é o mais antigo mausoléu mongol de Delhi

O Humayun's Tomb foi uma iniciativa da viúva Hamida Banu Begum, que iniciou a construção em 1565, nove anos após a morte de seu marido. A construção foi concluída e inaugurada em 1572. Os restos mortais da viúva também se encontram neste Mausoléu. 

O Mausoléu foi construído com escombros de alvenaria e foi o primeiro a usar arenito vermelho e mármore branco em grande quantidade. Possui dois andares e uma plataforma enorme, com 1.200m2. A altura do Túmulo de Humayun é de 47 metros e sua largura é de 91 metros. 

Este mausoléu mais se parece com um palácio luxuoso do que com um túmulo!

Do século 17 ao século 19, o Mausoléu foi gradualmente preenchido com os túmulos dos descendentes do Imperador Humayun e sua comitiva. Possui mais de 100 sepulturas e também é chamado de "Dormitório dos Mongóis" ou "Necrópole da Dinastia Mongol". Vários imperadores mongóis ainda estão enterrados dentro deste mausoléu.

Nenhum outro sepulcro na Índia contém tantos túmulos de imperadores mongóis e seus familiares como o Humayun's Tomb.


O piso inferior desta construção é decorado com arcos elegantes, que estão localizados em torno de todo o perímetro do edifício. A câmara central é octogonal, com câmaras que abrigam os túmulos de outros membros da família imperial. 

Pequena escada para o terraço do Mausoléu

 Do terraço podemos apreciar uma belíssima vista para o jardim

  O remate de bronze sobre a cúpula de mármore branco possui 6m de altura.
 
* A foto acima foi publicada hoje em uma famosa conta de instagram na Índia: a @desi_diaries, com o título: Happy Tourist (Turista Feliz). Até o momento, recebeu quase 700 Likes.

* Isso porque eles não viram esta foto... talvez a chamariam de "Jump's Happy Tourist" (O Pulo da Turista Feliz).

A arquitetura do mausoléu tem detalhes tanto de arquitetura persa/mongol, quanto da tradicional arquitetura indiana. 


Na parte superior da construção, sob a cúpula, encontra-se o Sarcófago do Imperador Humayun, localizado no centro da fileira superior, em uma grande sala decorada com várias fileiras de janelas em arco. O corpo do Imperador encontra-se 7 metros abaixo do piso.

Posso dizer que estive bem perto de um dos maiores imperadores mongóis da Índia.

 A luz que vem destas janelas é também chamada de "Luz Divina"

O Humayun's Tomb está localizado na parte oriental de Delhi (New Delhi), na Mathura Road, Nizamuddin, bem próximo ao Memorial de Mahatma Gandi (post aqui).  Eu visitei o memorial de Gandhi e em seguida, visitei este. De um para o outro eu me desloquei de tuk tuk.

A foto acima eu extraí do Google, pois ela tem uma vista mais ampla do terraço.

A entrada custa 250 INR (rúpias indianas), cerca de R$ 13,00. Em 1993, foi declarado pela UNESCO  "Patrimônio Mundial da Humanidade".


Apesar de algumas paredes brancas estarem bastante sujas e manchadas, o Mausoléu está muito bem preservado. Quando eu o visitei, em maio deste ano, algumas partes estavam sendo restauradas.

*Os trabalhos de restauração no Complexo Humayun's Tomb iniciaram em 2003.


Como este Mausoléu é de extrema importância cultural e arquitetônica, como muitos outros monumentos antigos na India,  post acabou ficando enorme, então a parte do jardim fica para o próximo post.

"Irmãos" com quase 100 anos de diferença

Acima, fotos o Humayun's Tomb e o Taj Mahal. A arquitetura dos dois é realmente muito parecida e não nega a influência do primeiro sobre o segundo, que acabou tonando-se muito mais famoso devido à sua história de amor.

Na verdade, se analisarmos os fatos, o Humayuns"s Tomb também representa uma história de amor! Após a morte do marido, a esposa dele mandou construir este túmulo. Com o Taj Mahal, 100 anos depois, foi o marido quem mandou construir para a esposa falecida.

Aposto que, como eu, você só tinha ouvido falar no Taj Mahal, não é? Mas o que você achou do irmão mais velho?

Beijos,

Ana
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

4 comentários :

  1. Oi Ana Maria, realmente, não me lembro mesmo desse irmão mais velho do Taj Mahal, meio injusto até,não éh? As fotos ficaram ótimas.Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Wilma!
      Pois é, eu só soube da existência dele quando estava na India. Ele é belíssimo, tanto que serviu de inspiração para outro imperador construir o Taj Mahal.
      Beijos

      Excluir

Obrigada por comentar!
É bom demais receber o retorno dos leitores. Responderei o mais breve possível, então lembre-se de voltar aqui depois para ler a sua resposta.

*Você pode também marcar "Notifique-me", para ser avisado por e-mail quando o seu comentário for respondido.