Programa de domingo: Caminhos de Pedra - RS

Caminhos de Pedra é um roteiro turístico localizado na cidade de Bento Gonçalves e que faz parte do Patrimônio Histórico do RS. São 71 edificações que visam resgatar e preservar a cultura que os imigrantes italianos trouxeram para a Serra Gaúcha, a partir de 1875.

Casa da Erva Mate - Ponto 52

A paisagem natural é muito bonita e as construções, algumas bem antigas, outras restauradas (e também as que estão totalmente abandonadas), mas todas no estilo das primeiras casas dos imigrantes italianos, no final do século 19.

Pequeno mapa com o roteiro de visitação. Clique na foto para ampliar.

No mapa está tudo bem marcado e sinalizado, mas para chegar até o início do roteiro, a sinalização é muito falha, faltam placas indicativas pela estrada. Vimos vários carros parando e o pessoal perdido pedindo informação ou consultando mapas...


Este foi o meu primeiro passeio turístico de 2015, mas é a segunda vez que eu faço este roteiro. A primeira vez foi há cerca de seis ou sete anos.

Neste final de semana eu estava na casa da minha mãe, em Caxias do Sul, distante 25 km do local e aproveitei um dia bem ensolarado para fazer este passeio. 

Tem muitos restaurantes, lojas de artesanatos, visitações à vinícolas, casas de massas, salames, vinhos, mas para quem não vai para almoçar e quer apenas tomar um café ou fazer um pequeno lanche, faltam opções.


Casa da Ovelha - Ponto 37 


Além de vender produtos à base de leite de ovelha, tanto comestíveis quanto cosméticos, a Casa da Ovelha oferece visitação com ordenha de ovelhas, tosquia de lã, degustação de produtos, etc, mas é cobrado uma taxa por pessoa. No site consta que é de R$ 15,00, mas tenho a impressão de ter visto um cartaz de R$ 20,00 no local. De qualquer modo, achei caro e não fiz a visitação. Mas para quem gosta de ovelhas, deve ser bem interessante.

Ovelhinhas de pelúcia, super fofas!

 Casa do Artesanato e Massas - Ponto 42

A Casa do Artesanato e Massas fica neste velho casarão de madeira, que foi construído por volta de 1910 e posteriormente, desmontado e reconstruído pelo atual proprietário. A própria família recebe os visitantes e oferece para venda massas e biscoitos fabricados na cozinha da casa, além de artesanato e souvenirs. No andar superior funciona um pequeno museu onde estão expostas as ferramentas utilizadas tradicionalmente pelos artesãos locais para trabalhar a madeira.

Casa Fracalossi - Ponto B

Construção em pedra basalto, na parte superior da Casa Fracalossi reside a família e na inferior é um restaurante, onde servem almoço típico italiano e café colonial (este, mediante agendamento). Consta que é também cafeteria, mas no horário em que eu fui (início da tarde), não estava funcionando esta parte.

Casa de Tecelagem - Ponto 43

Esta casa foi originalmente construída na cidade der Flores da Cunha, em 1915 e em 2004, foi desmontada e transferida para este local, onde foi acrescentando um porão de pedras irregulares.

Desde 2008 funciona como Casa de Tecelagem, onde mantém a produção manual de tecidos, (mantas, tapetes, etc.) em históricos teares artesanais. Além de presenciar o processo de produção, o visitante pode comprar os artigos ali confeccionados.

Porão de Pedra - Ponto 43


Porão de Pedra: loja de artesanato e semijoias em pedras preciosas

Ainda no Ponto 43, junto à Casa de Tecelagem, está o Porão de Pedra - Preciosidades em Pedra, que comercializa objetos de decoração e semi joias confeccionados em pedras preciosas do Rio Grande do Sul, do Brasil e do exterior.

As peças são belíssimas e achei os preços bem justos

Casas das Cucas Vitiaceri - Ponto A

A Casa das Cucas Vitiaceri é uma construção em madeira típica da região e no porão funciona um varejo de cucas recheadas, geleias, biscoitos, sucos de uva, vinhos e espumantes.

Videiras (parreiral) cultivadas em estufas

No período da vindima (colheita da uva), nos meses de fevereiro e março, os visitantes podem passear pelos parreirais e colher suas próprias uvas. Existe também um “piccolo vigneto”, com um parreiral especial para as crianças de divertirem.

Cantina Strapazzon - Ponto 47


A Cantina Strapazzon foi o lugar que eu achei mais legal. A gente pode fazer uma visitação pela propriedade, conhecer os parreirais e a cantina, degustar vinhos e sucos de uva. Depois, na loja onde eles vendem os produtos, tanto próprios quanto outros produzidos na região, tem uma degustação (bem modesta) de queijo, salame e copa. Esta visita tem uma taxa de R$ 5,00, o que também achei muito justa.


Construção feita totalmente em pedra irregular, por volta de 1880. Em 1992, serviu de cenário para o filme O Quatrilho.


Cantina onde a família Strapazzon faz e armazena o vinho. O processo de elaboração do vinho é explicado durante a visitação.


As parreiras que possuem o caule mais fininho são mais jovens e a com o caule mais grosso, que está sinalizada com a sete branca, possui mais de 100 anos. 

À esquerda, parreiral mais antigo e à direita, sistema de plantação na horizontal, mais moderno.

Eu não comprei vinho ou outras gordices, mas não resisti ao shampoo e condicionador à base de uvas brancas. 

Shampoo e Condicionador Uvas Brancas
Shampoo e Condicionador Uvas Brancas

Comprei na loja da Cantina Strapazzon. Ainda não usei, mas depois farei resenha sobre eles.

Dos 71 pontos, somente cerca de 15 ou 16 estão abertos à visitação. Os outros são considerados apenas pontos de observação, ou seja, só podemos observar o seu exterior. Não visitei todos os pontos, apenas os que mais despertaram o meu interesse e das pessoas que estavam comigo.


Para maiores informações, acesse o site dos Caminhos de Pedra.

Você curte este tipo de passeio, estilo rural?

Beijos,
Ana Maria
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

8 comentários :

  1. Nossa que lugar lindo, super amável
    Grande beijo!

    http://simplybeautifulbycamila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Camylla, o lugar é muito bonito mesmo!
      Beijos

      Excluir
  2. Ana...eu preciso ir... pelas fotos dá muita vontade de conhecer. Amei o post e se um dia eu for para RS com certeza vou conhecer! Amoo vinhos e comer..rs. Portanto vou amar com certeza!!!
    Beijocas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariana, é lugar de muita comilança, tem que ficar de olho para não voltar para casa com uns bons quilos a mais, hehehe..
      Se você adora comer, vai amar mesmo este lugar!
      Beijos

      Excluir
  3. Olá. Bom dia. Informo que em nosso site não consta valor de ingresso . Você poderá ter visto nos site dos Caminhos de Pedra, o qual não temos acesso para manutenção das informações. Agradecemos a visita e sucesso sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Realmente não lembro onde eu vi os preços, deve ter sido mesmo no site dos Caminhos de Pedra.
      Abraços

      Excluir
  4. Boa Noite, eu gostaria de maiores informações sobre a ferraria Ferri pois minha esposa tem o sobrenome "Ferri"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Ademar,
      Infelizmente eu não tenho nenhuma informação sobre a ferraria Ferri. sugiro que você acesso o site dos Caminhos de Pedra (link aqui no post) e entre em contato com eles na seção de Contato e Mapas, talvez eles tenham informações para lhe enviar.
      abraços,
      Ana Maria

      Excluir

Obrigada por comentar!
É bom demais receber o retorno dos leitores. Responderei o mais breve possível, então lembre-se de voltar aqui depois para ler a sua resposta.

*Você pode também marcar "Notifique-me", para ser avisado por e-mail quando o seu comentário for respondido.