Vai viajar para o exterior? Saiba como evitar problemas e usufruir os benefícios de seu cartão de crédito.

Você está planejando viajar para o exterior, mas ainda têm algumas - ou muitas - dúvidas em relação ao uso de cartão de crédito?

Os brasileiros estão viajando muito para o exterior e batendo verdadeiros recordes de consumo. E o método de pagamento mais utilizado é o cartão de crédito, pois além de ser muito seguro, os gastos ainda podem se transformar em milhas aéreas.

O post de hoje vai ser um pouco longo, pois contém informações importantes. Se você não quiser ler todo, grifei algumas frases e você já pode ir direto nelas. Mas se estiver com viagem planejada para breve, leia tudo. Lembre-se sempre: a atenção com os detalhes é que evitará os maiores aborrecimentos de sua viagem.

Os cuidados básicos para evitar roubos todo mundo já sabe, mas que outros problemas comuns, além de roubo ou extravio de cartão, poderiam acontecer?

Vai viajar para o exterior? Saiba como evitar problemas e usufruir os benefícios de seu cartão de crédito.

Quando planejamos uma viagem ao exterior pensamos em várias coisas, mas um detalhe que pouca gente prevê - e tem acontecido muito, é o bloqueio do cartão de crédito pela própria operadora. E aí, você no exterior e com o cartão bloqueado... O que fazer?

Número de telefone da operadora do cartão no Brasil
Leve sempre os números de telefones que as operadoras divulgam para contato no exterior, no caso de urgências. Geralmente são feitas ligações à cobrar para o Brasil. Se o seu cartão for bloqueado, ligue imediatamente para saber o motivo.

*Atente que alguns países, como a Índia, não tem acordo para ligações à cobrar. Só aceitam ligações normais, mas você pode usar o VOIP ou o Skype.

Anote também, à parte, o número de seu cartão, data de validade e código de segurança. Estes dados serão necessários para você efetuar o bloqueio, em caso de perda ou roubo.

Para prevenir o bloqueio do seu cartão pela operadora ou a recusa do pagamento, alguns procedimentos básicos precisam ser observados antes da viagem.

Modalidade do cartão
O primeiro cuidado é conferir se o seu cartão é internacional. Se estiver escrito “válido somente no Brasil” ou “valid only in Brazil”, o seu cartão é somente para uso nacional. Entre em contato com seu banco ou operadora e solicite a modalidade internacional. Mas lembre-se que a anuidade é maior. Tente negociar, sempre é possível diminuir o valor.

Desbloqueio para uso internacional
Com um mínimo de 72 horas de antecedência, ligue para o banco/operadora e avise sobre a sua viagem, solicitando o desbloqueio internacional. Eu tenho o cartão do Bradesco - não sou correntista do banco - e preciso desbloquear a cada viagem internacional. Informo quais países estarei e o período. Para correntistas do Banco do Brasil, o desbloqueio pode ser feito nos caixas eletrônicos. Demais bancos eu não sei como funciona.

Já aconteceu de eu esquecer de avisar a operadora do cartão antes de ir aqui pertinho, na fronteira do Uruguai. As primeiras compras até passaram, mas em seguida o cartão foi bloqueado. Imagine, tanto free shop para comprar e eu, sem cartão. Sorte que o cartão do meu marido estava ok e eu comprei com o dele.

Assinatura no verso do cartão
São raros os países que possuem a maquininha com leitor de chip, como é comum aqui no Brasil. Nem em Nova York tem (agora tem, 2016, mas em 2012 não tinha). A maioria funciona com leitura da tarja magnética, então você precisa apresentar um documento para comprovar a assinatura. Para sua segurança, lembre-se de assinar no verso do cartão igual à assinatura de seu passaporte. Ou se você utilizar, igual à da carteira de identidade. A maioria dos países aceita a carteira de identidade ou de motorista para identificação no comércio. Mas para a viagem, vale somente o passaporte ou, no caso dos países do Mercosul, pode ser também a carteira de identidade, com menos de 10 anos e em ótimo estado.

Limite de crédito ultrapassado 
Para evitar estouro de limite e seu pagamento negado, antes de viajar, peça também uma liberação emergencial de limite. Na maioria dos cartões é de 10% do limite normal. Se você ultrapassar, além de não ter a compra não autorizada, você não pagará juros por ultrapassar o seu limite normal.

Eu sempre faço isso, mas dificilmente uso esse limite extra, que volta ao normal assim que eu retorno. Mas é uma garantia a mais. 
Seguro Saúde e Seguro Viagem grátis
Quase todos os cartões internacionais  Platinum oferecem este benefício aos seus clientes. Basta pagar a passagem ou, no caso de utilização de milhas, as taxas aeroportuárias, com seu cartão para ter o benefício. Vale também para a compra da passagem de seu acompanhante ou familiar. 

Para viagens à Europa: o Seguro Saúde é obrigatório nos países que fazem parte do Tratado de Schengen. Não é obrigatório para ingressar em Portugal, Espanha e Itália, devido a um acordo com o Brasil.

Para viagens aos Estados Unidos ou países da América do Sul, o seguro não é obrigatório, mas se algo lhe acontecer, você terá que desembolsar um valor muito alto, inclusive para uma simples consulta médica. Eu nunca viajo sem Seguro Saúde.

Eu quase sempre uso o seguro do cartão e poucas vezes contratei um à parte. Até hoje, nunca precisei usar nenhum.

O Seguro Saúde/Viagem, inclusive o que é oferecido pelos cartões de crédito, cobre ainda um determinado valor para o caso de extravio de bagagem.

Como é feita a conversão das despesas para reais?
A administradora do cartão converte os valores gastos (euros, libras, pesos, ienes, etc) em dólares, que é a moeda universal. No dia do fechamento da fatura, ela converte em reais, utilizando a cotação do dia, do dólar comercial. 

Quando você efetuar o pagamento, a administradora vai utilizar a cotação do dia do pagamento e finalizar a sua compra. Se houver diferença a maior ou a menor entre o dia do fechamento da fatura e o dia do pagamento, essa diferença será compensada na próxima fatura.

É cobrada alguma taxa?
Infelizmente sim, é cobrado o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), que atualmente é de 6,38%. Este percentual mudou em 2011, antes era de 0,38%.

Mesmo assim, ainda vale a pena, pois se você viajar e comprar dólares, comprará pelo valor do dólar turismo (que é maior que o comercial) e ainda pagará a comissão das casas de câmbio. 

Travel Money: para quem pretende utilizar os cartões Travel Money, o IOF é de apenas 0,38%. Estes cartões funcionam como cartão de débito. Você deposita em reais o valor antecipado para suas despesas e saca ou debita direto do cartão, em dólar ou euro, conforme contratado. Paga comissão para a agência de câmbio ou banco na hora de depositar o valor. Estes cartões não tem anuidade e podem ser solicitados em qualquer banco.

Pagamento de compras nos free shops de aeroportos brasileiros 
Você pode comprar com seu cartão de crédito internacional e converter na hora em reais. Neste caso, você ficará isento da taxa de 6,38%. E, conforme o valor e a bandeira do cartão, sua compra poderá ser parcelada em até 6 vezes, sem juros. Mas atenção: só nos free shops de aeroportos nacionais. Nos free shops internacionais, valerá a regra geral.

Onde posso usar meu cartão internacional?
Você pode comprar as passagens aéreas (dependendo do cartão, você terá o seguro saúde grátis), usar na reserva de hotéis, aluguel de carro, compra de passes de trem, saques em caixas eletrônicos no exterior, compras em lojas, shoppings, free shops, bares, restaurantes, enfim, em todo lugar que você for, será muito mais prático pagar com cartão. 

Você pode também fazer saques em caixas eletrônicos no exterior, mas para esta operação, além do IOF, será cobrada uma tarifa por este serviço, que pode variar de acordo com o seu banco.

Pagamentos com cartão costumam ser aceitos com menos desconfiança do que se você pagar cash, com uma ou até mais notas de 100 dólares, por exemplo. Isso sem falar na segurança: você não precisa andar com muito dinheiro na carteira.

Estas foram minhas dicas com os principais cuidados e benefícios no uso de seu cartão de crédito internacional. Agora, aproveite bem a sua viagem e use o cartão com sabedoria!

Estas informações foram úteis para você? Ainda ficou alguma dúvida?

Beijos,
Ana Maria
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

17 comentários :

  1. Ótimo post, é importante saber de tudo isso
    bjos

    ResponderExcluir
  2. Ana, excelente post! Quando fui pra Buenos Aires levei meu cartão de crédito, mas não usei justamente para eivtar o IOF.
    Em agosto estou indo pra Europa, já até fiz meu Travel Card, fiz o Cash Passport da Master, pra mim ele foi a melhor opção.

    Beijos
    Nathália ♦ Fashion Jacket
    www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nathália,
      Como em Buenos Aires (e na Argentina toda) a situação não está das melhores, vale a pena pagar em pesos cash porque eles chegam a dar descontos de até 20% por isso. No ano passado praticamente nem usei o cartão de crédito, só para pagar o hotel.
      Mas para viagens mais longas eu uso mais é o Travel Money ou Travel Card. Compensa, devido ao IOF. Mas quando algo está com o preço baixo, pago com o de crédito, por causa das milhagens.
      Que maravilha, Europa é tudo de bom e para lá, o Travel Money é a melhor opção mesmo, pois pagar 6,38% de IOF sobre gastos em euro é muita coisa. Bjs

      Excluir
  3. Oi Ana!
    Sempre paguei com cartão de crédito por causa das milhagens também!
    Acho importante o seguro saúde,já usei uma vez e naquele momento foi bom.
    Agora no extravio de bagagens..ah..não foi nada agradável,mas conversando tudo foi resolvido.Só a minha pinça de sobrancelha,japonesinha,que adorava se perdeu por aí no mundo,sei lá com quem..até hoje rs!
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Patrícia, tudo bem?
      As passagens aéreas e hotel eu sempre pago com cartão de crédito e tenho usado o Travel Money para amenizar os 6,38% nas compras em geral. Mas estou ainda avaliando o quanto vale a pena por isso, porque quando compramos os créditos para o Travel Money, pagamos a comissão da agência. No fim, acho até que dá elas por elas.... Bjs

      Excluir
    2. Esqueci de comentar sobre as bagagens: já tive 3 ou 4 extravios de bagagem, mas aqui no Brasil mesmo e depois de 2 ou 3 dias, sempre apareceram e nunca faltou nada. Só me incomodei, inclusive passei um Reveillon no Ceará só com a roupa do corpo... Cheguei encima da hora e minha mala foi parar em Manaus!
      Lá fora nunca foram extraviadas e espero que eu continue sem saber como é, hehehe...
      É muito chato quando perdemos algo de que gostamos muito, como no caso da sua pinça de sobrancelhas, quem sabe mesmo onde foi parar? Bjs

      Excluir
  4. As pessoas pensam que só porque possuem cartão internacional e bla blá blá estão sujeitas a chegar lá e passar como passam aqui no Brasil. Lá temos que ter muito cuidado. Tenho uma amiga que nunca saiu nem do estado que mora e o cartão dela chegou cobranças dos USA. Imagine ..

    Abraço,
    Thais.
    www.thaiinathios.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Thais,
      Acho que se a sua amiga nunca saiu do Estado em que mora, provavelmente o cartão dela foi clonado aqui no Brasil mesmo e repassado o número lá fora.
      É complicado de resolver um problema destes depois, então, temos que ter o maior cuidado onde passamos o nosso cartão ou os dados deste. Bjs

      Excluir
  5. Super boas as suas dicas. Parabéns pelo blog, flor!

    Att Fernanda,
    fernandamacenablog.blogspot.com

    Interessada em paletas de sombras?
    Aproveite, porque na Savanne Store várias paletas estão na promoção e sem contar que o frete é grátis. Sim! O frete é gratuito e você só paga pelo valor do produto. Se interessou? Corra porque a promoção é válida até o dia 15 de Abril.
    E você ainda tem o cupom de desconto CHARMEDEMENINA e ganha mais 5% de descontos!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fernanda, obrigada e seja muito bem vida. Bjs

      Excluir
  6. Oi Ana,
    Vou favoritar este post para ler com calma, pois espero viajar ainda no primeiro semestre.
    Tenha uma ótima semana!
    Bjs

    GOSTO DISTO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Betty, que ótimo, desejo que você faça uma excelente viagem!
      Uma ótima semana para você também. Bjs

      Excluir
  7. Olá Ana, Eu adorei o blog, é muito lindo, amei tudo. Parabéns mesmo, vou sempre estar aqui.
    Eu tenho uma dúvida sobre passagens aéreas, com quanto tempo de antecedência é melhor comprar? E ouvi falar que é melhor e mais econômico comprar direto com a companhia do que com aqueles site que divulgam.

    ontendency.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruna, muito obrigada.
      Eu costumo comprar com 3 meses de antecedência, já se consegue ótimos preços.

      Tem gente que compra com até 1 ano, mas isso é uma preferência pessoal. Muito tempo antes eu não gosto, pois se eu mudar de planos, terei que pagar multa pela transferência e diferença de passagem.

      Diferença de preço entre estes sites e as Cias Áereas praticamente não tem. Eu uso estes sites para fazer busca e depois compro direto das companhias. Por que? É que se eu tiver algum problema ou precisar alterar a passagem, é menos intermediários e menos multas para pagar.

      Espero ter esclarecidos suas dúvidas, se precisar saber mais, é só perguntar. Bjs

      Excluir
  8. Oi Ana!
    Eu descobri recentemente que no Itaú é preciso ligar com 3 dias de antecedência e informar os locais da viagem para eles "liberarem" o cartão. Eu não pago anuidade, mas eles cobram uma taxa toda vez que é solicitado...
    Sempre que posso prefiro fazer câmbio para evitar essas porcentagens que o cartão cobra. Mas infelizmente é bem menos seguro, né?
    Ótimo post, como sempre! ;D

    Se você já está participando do Sorteio T-shirt da Calupa, muito obrigada!

    Bjxx
    Blog Makes da Mi // Fanpage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi, tudo bem?
      O cartão é bem mais seguro, com certeza. Eu procuro mesclar, uso um pouco de cada, assim as vantagens e desvantagens ficam bem distribuídas.
      Ainda não estou participando deste sorteio, mas é questão de minutos, hehehe...
      Bjs

      Excluir

Obrigada por comentar!
É bom demais receber o retorno dos leitores. Responderei o mais breve possível, então lembre-se de voltar aqui depois para ler a sua resposta.

*Você pode também marcar "Notifique-me", para ser avisado por e-mail quando o seu comentário for respondido.