O Aquário de Aparecida tem até tubarões!

No Complexo do Santuário Nacional de Aparecida, em Aparecida do Norte/SP e dentro dos Pavilhões do Centro de Apoio ao Romeiro, encontramos o Aquário de Aparecida, que foi idealizado e construído pelo oceanógrafo Eduardo Radwanski e reúne noventa espécies diferentes de peixes, anfíbios e répteis.

Aquário de Aparecida

Neste aquário, a maior atração é um casal de tubarões, o Isaías e a Rebeca, que ficam dentro de um tanque gigante. Mas além dos tubarões, tem moreia, jiboia, tartarugas,  e uma infinidade de peixes de água doce e salgada.

Aquário de Aparecida
A entrada direta pode ser feira pela lateral, em frente ao Memorial da Devoção.

Tem também espaço para palestras e até uma piscina de bolinhas coloridas para a criançada se divertir.

Aquário de Aparecida
Piscina de bolinhas pra molecada brincar

Quase não encontrei muitas informações sobre este aquário, nem em folhetos e nem na internet, mas descobri que ele foi inaugurado no ano 2000.

Aquário de Aparecida

O aquário é bem voltado para o público infantil, inclusive eles recebem muitas escolas e dão palestras sobre conscientização ambiental.

Aquário de Aparecida
Acarás


Estes peixes são de água doce, da espécie acará-bandeira, nativos da bacia amazônica e um dos peixes ornamentais mais comercializados no mundo inteiro. Esta espécie existe em diversas cores, desde o amarelo ouro até o negro. Quando adulto, o acará-bandeira chega a media, a 12 centímetros de comprimento.

Aquário de Aparecida e os tubarões
Este é o tanque dos tubarões

A espécie de tubarões do Aquário de Aparecida é a tubarão Lixa,  a mais popular do mundo e presente em toda a costa brasileira. 

Aquário de Aparecida e os tubarões

O tubarão Lixa é um tubarão bastante calmo e amistoso e passa boa parte do tempo parado, devido à sua capacidade de bombear a água por suas brânquias para respirar,  o que permite que ele passe a maior parte do dia parado e exerça maior atividade à noite, quando sai à procura de presas para se alimentar.


Aquário de Aparecida e os tubarões
Selfie com o tutuba

Nunca estive tão perto de um tubarão! Considerado inofensivo ou não, é o máximo de "intimidade" que eu desejo!

Aquário de Aparecida e os tubarões

Estes tubarões, o Isaías e a Rebeca estão há 11 anos no Aquário de Aparecida. Chegaram ainda filhotes, vindos do Rio de Janeiro. Quando adultos, esta espécie pode medir até 4,3 metros.


Aquário de Aparecida e os tubarões
Rebeca (o mais claro) e Isaías

Os tubarões Lixa têm o hábito de dormir empilhados em outros da mesma espécie e chegam a formar pilhas de até 30 tubarões em alto mar. Seus dentes pequenos são extremamente poderosos. Vivem próximo ao fundo do mar e alimentam-se de invertebrados. 

Aquário de Aparecida e os tubarões

É uma espécie considerada inofensiva ao homem e sua expectativa de vida é de aproximadamente 25 anos. A maioria das espécies de tubarões vive entre 20 e 30 anos, porém, o Tubarão-baleia pode viver até mais de 100 anos.

Aquário de Aparecida

Este outro aquário é enorme e muito interessante, ele abriga espécies como o Tambaqui, Pacu e Pintado e tem uma imagem enorme de Nossa Senhora Aparecida submersa.

Aquário de Aparecida
Prazer,  Pintado!

O peixe Pintado, presente nas bacias do Prata, Araguaia, Amazonas e Tocantis, é muito apreciado  na pesca profissional.

Aquário de Aparecida
Peixe Leão, bonito, mas venenoso!

Não se deixe iludir por tamanha beleza. Os peixes-leões são predadores vorazes e venenosos. O veneno dos peixes-leões é inoculado através de espinhos localizados nas regiões dorsal, pélvica e anal.

Quando caçam, encurralam as presas com seus espinhos e, num movimento rápido, engolem-nas. 

Os peixes-leões vivem até 15 anos e podem pesar até 200g e podem ser encontrados e são nativos da região Indo-Pacífica, vivendo sempre próximos à recifes de coral. Devido a uma recente introdução, podem ser encontrados também no oeste do Oceano Atlântico e Mar do Caribe.

 Aquário de Aparecida
Tartarugando no sol.

 Aquário de Aparecida
Jiboia, que recentemente trocou a pele

A troca de pele de uma jiboia é considerado um bom indicador de que ela está em uma temperatura (entre 25ºC e 30ºC) e umidade corretas.

 Aquário de Aparecida
A jiboia não é uma cobra venenosa

A jiboia não tem veneno, mas seus dentes afiados podem fazer um bom estrago, pois são virados para trás e, quando uma pessoa é mordida, no reflexo, tende a puxar a mão ou a perna, rasgando a pele.

 Aquário de Aparecida
Selfie também com a jiboia

 Aquário de Aparecida
Aquário exclusivo para a Moreia-verde

A Moreia-verde é encontrada no Oceano Atlântico, de Nova Jérsei (EUA), até o Brasil, e na costa oeste do norte da África. 

 Aquário de Aparecida
Moreia-verde

A moreia-verde, embora se assemelha a uma cobra, é uma espécie de peixe, encontrada em águas mais rasas dos oceanos, em até 30 metros. Algumas espécies são venenosas, outras apenas possuem os dentes bastante afiados. De qualquer modo, não é aconselhável tocar em uma Moreia.

São predadores noturnos sedentários, com dentes fortes. Ao invés de irem em busca de seus alimentos, eles aguardam até a presa chegar  próximo e atacam de surpresa.

Ao longo de sua vida, sua coloração muda, passando de preta a verde escuro, na idade adulta e pode medir de 200 a 400cm. 

 Aquário de Aparecida
Parece meio assustadora, não é? Mas ela precisa abrir a boca para respirar.

Parte da reputação das moreias como sendo animais assustadores, se deve ao fato de abrirem e fecharem a boca habitualmente, mostrando seus dentes afiados. Apesar de esse comportamento parecer ameaçador, a moreia faz isso para respirar.

* Não vi dentes nesta Moreia, acho que ela era banguela


 Aquário de Aparecida
Claro, não podia faltar uma selfie com a Moreia.

 Aquário de Aparecida
Moreia Mirictis

Esta espécie de Moreia encontra-se tanto em águas rasas quanto profundas e seu habitat se estende desde o Atlântico Ocidental, Bermudas, Santa Cataria e demais ilhas oceânicas brasileiras.

 Aquário de Aparecida

A Moreia Mirictis pode medir de 40cm até 1,20cm de comprimento. Vive entocada em fundos coralinos e rochosos e costuma  atacar peixes, crustáceos e moluscos.

 Aquário de Aparecida
Tão lindinho, mas não anotei o nome da espécie.

 Aquário de Aparecida
O que seria isso? Não encontrei a descrição no aquário.

 Aquário de Aparecida
Anêmona passiflora, espécie encontrada no Oceano Atlântico Ocidental.

A Anêmona pode medir até 40cm e alimenta-se de camarões congelados, artêmias e pequenos peixes.

 Aquário de Aparecida
Peixe-palhaço e uma anêmona

Pra encerrar, uma foto do Nemo, que pertence à espécie peixe-palhaço Picasso. Esta espécie é encontrada nas águas tropicais dos oceanos Pacífico e Índico. Vivem em grupos e entre anêmonas (daí a origem do seu nome do filme "Procurando Nemo")

O Aquário de Aparecida não é muito grande, mas abriga bastante espécies de peixes. Não mostrei todos aqui, obviamente.

Horário de funcionamento 
O aquário abre diariamente, das 9h às 17h.

Valor da entrada
Adultos é de R$ 10,00.
Crianças de 2 a 12 anos e idosos, a partir de 60 anos, pagam R$ 5,00.

O valor da entrada vale para o dia todo, mediante um carimbo de identificação no braço. Assim, podemos sair e voltar quantas vezes desejamos.

Eu sei que muita gente não gosta de ver animais em aquários, mas pelo que eu percebi, este de Aparecida faz um trabalho bem interessante junto às crianças, conscientizando para a preservação do planeta e dos animais.

E você, o que achou deste aquário?
Beijos,
Ana Maria
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
É bom demais receber o retorno dos leitores. Responderei o mais breve possível, então lembre-se de voltar aqui depois para ler a sua resposta.

*Você pode também marcar "Notifique-me", para ser avisado por e-mail quando o seu comentário for respondido.