A Torre do Relógio, o Mirante e o Museu de Aparecida!

A Torre do Relógio do Santuário de Aparecida possui 18 andares e 110 metros de altura. A sua estrutura de aço foi doada pelo governo federal, durante a presidência de Juscelino Kubitschek e o nome oficial  é Torre Brasília.

Mirante da Torre do Relógio de Aparecida
A Torre do Relógio, ou Torre Brasília, possui 110m de altura.

Mirante da Torre do Relógio de Aparecida
A vista se dá através destes janelões de vidro.

No alto da Torre, último andar, o mirante com espaço de 324m², nos permite observar grande parte do Vale do Paraíba, bem como uma visão privilegiada do Rio Paraíba do Sul e da Rodovia Presidente Dutra, que corta a cidade de Aparecida.

As janelas de vidro são lacradas, não é permitido abri-las.

Mirante da Torre do Relógio de Aparecida
O Rio Paraíba do Sul serpenteando Aparecida. À direita, a Via Dutra.

Mirante da Torre do Relógio de Aparecida
Vista para a Cúpula  da entrada na Arcada Sul e parte do estacionamento e Centro de Apoio aos Romeiros.

Mirante da Torre do Relógio de Aparecida
Vista para o Morro do Cruzeiro e o Mirante da Cruz

Mirante da Torre do Relógio de Aparecida
Passarela da Fé, que liga a Basílica Nova à Basílica Velha, no centro da cidade.

Mirante da Torre do Relógio de Aparecida

Vista de parte da cidade de Aparecida. O prédio mais alto, à esquerda, é o Hotel Rainha do Brasil, que pertence ao Santuário e onde eu me hospedei.

Mirante da Torre do Relógio de Aparecida
Um pouco da trajetória e história da Imagem da Santa de Aparecida

Uma linha do tempo no alto das paredes ilustra e destaca os principais acontecimentos relacionados à Nossa Senhora Aparecida, desde o encontro da imagem até os dias atuais.

Mirante da Torre do Relógio de Aparecida
Quadro com pintura da Basílica, exposta no alto da parede interna do Mirante do Relógio.

Mirante da Torre do Relógio de Aparecida
Quando com pintura de Nossa Senhora Aparecida

Mirante da Torre do Relógio de Aparecida
Comprei algumas moedas exclusivas do Santuário. Na verdade não as achei tão bonitas quanto na foto. Paguei R$ 5,00 cada.

No Mirante podemos fotografar tanto internamente quanto a vista, mas no Museu, infelizmente, não é proibido. A justificativa é que flash sucessivo das câmeras pode danificar as obras e, principalmente,  por medida de segurança do acervo. Mas eu comprei um livro com a história e fotos sobre o Museu e mostrarei algumas aqui.

O Museu Nossa Senhora Aparecida

Museu de Aparecida
Imagem de divulgação do Museu

O Museu Nossa Senhora Aparecida foi inaugurado em 8 de setembro de 1956 e o primeiro local de funcionamento foi o prédio das Oficinas Gráficas de Arte Sacra de Aparecida. Mais tarde, foi transferido para a Galeria do Hotel Recreio, e, em 12 de outubro de 1967, passou a ocupar definitivamente os dois primeiros andares das Torre do Relógio.

Museu de Aparecida, Casa do Ouro

O que tem no Museu
O Museu Nossa Senhora Aparecida é um museu eclesiástico temático, com exposições temporárias e permanentes sobre tudo o que se refere à devoção da Padroeira do Brasil.

Museu de Aparecida, Exposições localizadas no primeiro andar

Exposições de obras, fatos e curiosidades sobre a Nossa Senhora Aparecida, além de alguns objetos sobre os milagres atribuídos à Santa, Vitrine com artes de Vitor Brecheret, roupas e objetos usados pelos três últimos Papas em suas visitas ao Santuário, Coleção Santa Gertrudes de Imagens Paulistas do Século XVII, além de uma sala, repleta de jóias em ouro e pedras, doadas pelos devotos. 

No primeiro andar - Exposição Rainha do Céu, Mãe dos Homens: Aparecida do Brasil

Exposições de obras, como imagens e quadros sobre Maria, os milagres atribuídos a Nossa Senhora Aparecida e doações em ouro pelos devotos de Aparecida.

Museu de Aparecida

Da esquerda para a direita 
- Imagem original de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, barro cozido, sem o manto, origem paulista, Século 17;
- Imagem de Nossa Senhora do Rosário, barro cozido e policromado, peça data de 1641, autoria de Frei Agostinho de Jesus, Coleção Santa Gertrudes;
- Imagem de Nossa Senhora da Conceição, madeira policromada, origem portuguesa, Século 18.

Museu de Aparecida, Exposições localizadas no primeiro andar
Exposições localizadas no primeiro andar

- Primeira foto: representações de Nossa Senhora Aparecida
- Segunda foto: ex-votos
- Terceira foto: pedra atribuída ao milagre do cavaleiro ateu, procedente da Basílica Velha, Século 19 (contarei sobre esse milagre num post específico)

Domus Aurea, a Casa de Ouro
Esta sala contém ouro e muitas joias oferecidas como ex-votos a Nossa Senhora Aparecida. É impressionante a quantidade de ouro que tem nesta sala. Todo o ouro está protegido por vidro.

Museu de Aparecida, Domus Aurea, a Casa de Ouro
Criação artística para abrigar as duas Rosas de Ouro, recebidas pelos Papas Paulo VI e Bento XVI.

osa de Ouro, honraria concedida Papa a personalidades católicas.
Rosa de Ouro, honraria concedida Papa a personalidades católicas.

A Rosa de Ouro é uma honraria criada no ano de 1049, pelo Papa Leão IX e concedida pelo Sumo Pontífice a personalidades católicas em destaque. Foi concedida a Nossa Senhora Aparecida em 1967, pelo Papa Paulo VI, pelo Jubileu de 250 anos do encontro da imagem  e também em 2007, pelo Papa Bento XVI.

Segundo andar - O Museu e suas Histórias

Uma visão mais ampla do mundo e dos aspectos da presença humana, com fotos, imagens e muitos objetos, inclusive em ouro e prata.

Museu de Aparecida,  objetos litúrgicos e tronos papais
   Objetos litúrgicos e tronos papais   

Na foto acima destacam-se algumas peças e os tronos utilizados pelos três parapas que visitaram o Santuário de Aparecida. À direita, traje e trono utilizado pelo Papa Francisco. No centro, o trono utilizado pelo Papa Bento XVI e à direita, trono e veste utilizados pelo Papa João Paulo II.

Neste andar é retratado também o homem e sua relação com o meio ambiente
No chão, sob um piso de vidro, tem a pele de uma sucuri de 5,8 metros, vinda do Mato Grosso do Sul, em julho de 1979 (infelizmente não tinha foto no livro).

Museu de Aparecida, Fóssil de peixe com 110 milhões de anos
Fóssil de peixe com 110 milhões de anos

Há também fóssil de peixe da Bacia do Araripe/CE, com aproximadamente 110 milhões de anos (foto acima).

Os exemplares do acervo expostos, referem-se à Coleção Naturalia, com conchas, corais, fósseis, animais taxidermizados, mineralogia, que remetem ao colecionismo, em cuja coleta e exibição destes objetos estavam associados com manifestações de curiosidade, domínio e apropriação da natureza.

Claro que o Museu de Aparecida é muito mais do que isso, este post tem o intuito apenas de apresentar o museu e falar um pouco sobre o seu acervo e dizer que vale a pena visitá-lo pessoalmente! 

Museu de Aparecida
Ao comprar a entrada, recebemos este adesivo para colar na roupa 

Valores e Horário de funcionamento
O valor da entrada para o Mirante é de R$ 6,00* e nos dá o direito de visitar os dois andares do Museu e o Mirante, que fica no último andar da Torre.

*Pessoas acima dos 60 anos, estudante com carteirinha e crianças de 6 a 12 anos, pagam 50% do valor da entrada. Crianças abaixo de cinco anos não pagam.

Tanto o Mirante quanto o Museu abrem diariamente, das 9h às 16h30min, mas sábados, domingos e feriados possuem horários diferentes (maior tempo).

Você achou interessante este museu?

Beijos,
Ana Maria
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
É bom demais receber o retorno dos leitores. Responderei o mais breve possível, então lembre-se de voltar aqui depois para ler a sua resposta.

*Você pode também marcar "Notifique-me", para ser avisado por e-mail quando o seu comentário for respondido.