Siddheshwara Dham, um espetacular santuário de adoração a Shiva!

Ontem eu finalizei os posts e vídeos dos dois templos que eu visitei na cidade de Gangtok e a partir de hoje, vou mostrar os outros dois templos que eu visitei na cidade de Namchi, localizada ao Sul de Sikkim, estado do nordeste da Índia.

Namchi: Nam significa céu e chi significa alta, pois a região de Namchi está há cerca de 1.315 metros acima do nível do mar.

Siddheshwara Dham em Namchi - Sikkim - Índia

O primeiro templo visitado em Namchi foi o Siddheshwara Dham, um imenso santuário de peregrinação hindu, localizado no topo do Monte Solophok, a 5km ao norte da cidade.

Siddheshwara Dham em Namchi - Sikkim - Índia

No topo do Monte Solophok e ainda no estacionamento, que fica do lado de fora do santuário, se destaca a imponente estátua de Shiva, com 87m de altura, colocada no ponto mais alto do Complexo, na direção oeste e voltada para o leste.

Siddheshwara Dham em Namchi - Sikkim - Índia
Tickets de entrada e de estacionamento

Paga-se 50 rúpias pelo estacionamento e mais 50 rúpias para entrar no santuário (50 rúpias: cerca de R$ 3,00). Fui de táxi até lá, mas paguei o estacionamento porque o motorista ficou me esperando.

Siddheshwara Dham em Namchi - Sikkim - Índia
Vista parcial do complexo, fotografada a partir do pedestal da imagem de Shiva.

Siddheshwara Dham em Namchi - Sikkim - Índia
Foto tirada do alto do templo de Shiva (autor desconhecido).

O Santuário Siddheshwara Dham possui uma área construída de aproximadamente 7Ha e área total de 28.958 Ha.

Siddheshwara Dham em Namchi - Sikkim - Índia

Quem é Shiva

Shiva é um dos deuses supremos do hinduísmo, conhecido também como "o Destruidor e Regenerador" da energia vital; significa o "benéfico", aquele que faz o bem.

Siddheshwara Dham em Namchi - Sikkim - Índia
Siddheshwara Dham em Namchi - Sikkim - Índia
Nesta imagem de Shiva, a posição clássica de dois dos braços foi modificada.

Shiva é representado por uma figura masculina, normalmente sentado na posição de lótus (com as pernas cruzadas) e caracterizado por possuir quatro braços: dois pousados sobre as pernas, o terceiro segurando um tridente (trichula, que simboliza a trindade Trimûrti), e o quarto está esticado a altura do peito com a mão aberta em sinal de bênção. 

Siddheshwara Dham em Namchi - Sikkim - Índia

Shiva também é considerado o criador do Yoga (Ioga), devido ao seu poder de gerar transformações, físicas e emocionais, em quem pratica a atividade.

Siddheshwara Dham em Namchi - Sikkim - Índia
Mapa do Pilgrimage-Cum-Cultural

O Complexo inteiro de Siddheshwara Dham é dividido em quatro elementos principais: 

1) a estátua de Shiva, com 12 Jyotirlingas (templos), 
2) quatro Dhams (Char Dham): Badrinath, Jaganath, Dwarka e Rameshwar, 
3) Templo de Sai Baba, 
3) Estátua de Kirateshwar.

Siddheshwara Dham
Templo de adoração e devoçâo à Shiva, logo abaixo de sua imagem.

Além do Touro Nandi, Sai Dwar, Templo de Sai, Kirat Dwar, Estátua de Kirateshwar, com 6m (representa a reencarnação do caçador Shiva) e Shiv Dwar. 

Siddheshwara Dham
 Touro Nandi, postado de frente para Shiva. Por desconhimento, no início, pensei que era uma vaca sagrada...

O Nandi, cujo nome significa alegre, não é apenas o touro em que o Deus Shiva monta, ele tem vários papéis dentro das tradições do dharma védico. Nandi é cultuado também separadamente e com templos dedicados somente a ele.

Siddheshwara Dham
Só depois foi que reparei na "corcova" do touro!

Nandi é branco, o que significa pureza e, quando se visita um templo de Shiva, deve-se pedir antes autorização a Nandi para adentrar. As mulheres e homens tocam em Nandi pedindo fertilidade.

Siddheshwara Dham

Pedidos ao Deus  Shiva

É comum também as pessoas chegarem junto aos ouvidos de Nandi para confidenciar um segredo, pedir algo ou falar sobre o motivo da visita ao templo, pois Nandi faz os “arranjos” necessários para que o pedido chegue ao Senhor Shiva. 

Siddheshwara Dham em Namchi - Sikkim - Índia

Outras instalações do complexo incluem: portão de entrada principal, estacionamento, sala de condução, quiosques, 96 camas Yatri Niwas, casa de hóspedes VIP, segurança , edifício com auditório e cafeteria, salão principal de oração, dormitório, fontes de água e fonte musical.

em Namchi - Sikkim - Índia
Logo depois de comprar o ticket de entrada, passamos por uma miniatura do Siddheshwara Dhanm.

Siddheshwara Dham em Namchi - Sikkim - Índia
Siddheshwara Dham em Namchi - Sikkim - Índia
A imagem de Kirateshwar, assim como o Touro de Nandi, está posicionada de frente para Shiva.

Kirateshwar é a reencarnação de Shiva ocorrida em Indrakeel, Sikkim. Portanto, nesta encarnação Shiva é adorado pelo povo de Sikkim como Senhor Kirateshwar, por isso a sua imagem também foi instalada no Complexo.

Siddheshwara Dham em Namchi - Sikkim - Índia
Siddheshwara Dham em Namchi - Sikkim - Índia
O colorido e a riqueza de detalhes desta construção impressionam!

O governo de Sikkim está usando tecnologia de ponta para desenvolver e promover este santuário hindu em um importante centro turístico e religioso nacional e internacional, aliando turismo Religioso e Eco Turismo. 

Siddheshwara Dham em Namchi - Sikkim - Índia
A suástica, símbolo muito usado desde as civilizações antigas, é bastante popular na Índia.

 Siddheshwara Dham em Namchi - Sikkim - Índia

Breve definição da Suástica ou Cruz Gamada
Símbolo antigo e universal do Sol, representa o ciclo do nascimento e do renascimento, é uma cruz cujos braços definem um sentido giratório, num movimento de rotação em torno de um centro imóvel, sendo, portanto, o símbolo da condição cósmica de contínuo movimento. Embora seja um símbolo solar, a suástica também está associada aos quatro pontos cardeais, aos quatro elementos, aos quatro ventos.

Existem dois tipos fundamentais de suástica: aquela cujos braços apontam para a direita (masculino) e outra contrária (feminino), significando respectivamente o impulso cósmico evolutivo e involutivo.

Cruz Gamada ou Suástica no Hinduísmo

Símbolo negativo no Ocidente
A imagem da Suástica está fortemente associada ao símbolo nazista, visto que durante a Segunda Guerra Mundial, o nazismo alemão utilizou a suástica negativa (feminina) como símbolo máximo da identidade ariana, alterando, além disso, a sua posição normal, fazendo com que uma de suas pontas apontasse para baixo.

Siddheshwara Dham em Namchi - Sikkim - Índia
Sino de oração

De acordo com a crença hindu, para atingir Moksha (libertação do ciclo da reencarnação), é preciso realizar peregrinação a todos os quatro Dhams existentes, então foram construídas réplicas destes quatro Dhams no santuário, que são Badrinath, Jaganath e Dwarka dedicado ao Senhor Vishnu e Rameshwar, dedicado ao Senhor Shiva.

Siddheshwara Dham em Namchi - Sikkim - Índia
Um dos doze templos do Santuário

Siddheshwara Dham em Namchi - Sikkim - Índia
Pedra fundamental do Centro de Peregrinação Pilgrimage Cultural, implantada em 13 de fevereiro de 2005.

Inauguração do Centro de Peregrinação Pilgrimage Cultural:

A cerimônia de pran-pratisthan (consagração da imagem de um Deus, convidando-o para residir no local) foi agraciada por sua santidade Shri Jagadguru Shankarcharya Swami Swarupananda Saraswati Maharaj, em 8 de novembro de 2011, na presença do Ministro Chefe do Estado de Sikkim, Shri Pawan Chamlin.

Siddheshwara Dham em Namchi - Sikkim - Índia

Os turistas visitam Sikkim aqui para uma variedade de razões como a peregrinação, discursos religiosos, participar de atividades culturais de Sikkim que é um do seu tipo no mundo inteiro, seminários, estudo da natureza, trekking, rafting, equitação mula e iaque, sentir a essência da natureza e recreação passiva.

Siddheshwara Dham em Namchi - Sikkim - Índia
Para encerrar, não podia faltar ao menos uma foto da série "exóticos são os outros"!

Espero que você tenha gostado deste post e da pequena "aulinha" sobre hinduísmo e a suástica.

Beijos,
Ana Maria
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

2 comentários :

  1. Uau! Que experiência fabulosa! Deve ter sido mesmo incrível ter estado ali nesse santuário. Uma recordação inesquecível. Parabéns.
    Bjk e abençoada semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Meri, é verdade, foi uma experiência incrível. Para mim, tudo muito misterioso e será inesquecível mesmo.
      Te desejo um ótimo domingo e uma semana abençoada também.
      Beijos,
      Ana

      Excluir


Obrigada por comentar! É bom demais receber o retorno dos leitores.
Responderei o mais breve possível, então lembre-se de voltar aqui depois para ler a sua resposta.

*Você pode também marcar "Notifique-me", para ser avisado por e-mail quando o seu comentário for respondido.