Informações básicas sobre Cusco!

O post anterior foi sobre o mal da altitude, o famoso Soroche, que acontece com muitas pessoas, assim que chegam em Cusco, no Peru e neste, vou passar algumas informações básicas sobre a cidade, onde se hospedar, câmbio, o que fazer, etc.

Plaza de Armas e a Catedral de Cusco

Um pouquinho sobre Cusco
Cusco foi a capital do Império Inca, em meados do século XIII. O nome original era 'Qosqo', que significa "umbigo do mundo", em quêchua. Faz sentido, pois Cusco se localiza exatamente no ponto de cruzamento entre dois eixos imaginários, que dividiam o império inca em quatro "suyu" (regiões), onde cada região compreendia um dos pontos cardeais do mundo andino.

Fundação de Cusco, a cidade habitada mais antiga das Américas
Por dados arqueológicos e antropológicos, estudou-se o verdadeiro processo da ocupação de Cusco, mas não se conseguiu uma data aproximada. Porém, graças aos vestígios encontrados, há um consenso de que o local onde se localiza Cusco já se encontrava habitado há 3000 anos. E mesmo considerando apenas a época em que era capital do Império Inca, Cusco aparece como a cidade habitada mais antiga de toda América.

A população da cidade é de cerca de 400.000 habitantes e recebe cerca de dois milhões de visitantes anuais. Desde 1983, Cusco foi declarada Patrimônio da Humanidade, pela UNESCO.

Câmbio
Levamos reais (cash) para o Peru e já sabíamos que o melhor lugar para fazer o câmbio seria em Cusco. Na Avenida El Sol tem muitas Casas de Câmbio, quase uma ao lado da outra e o valor era praticamente o mesmo em todas. No primeiro dia, o valor estava R$ 0,96 reais para cada 1 Sol. Nos outros dias, melhorou um pouco, estava R$ 0,97 para cada Sol. Demos uma chorada e conseguirmos por R$ 0,975. 

Onde se hospedar em Cusco
A melhor região é em volta da Plaza de Armas. É ali que tudo acontece.

Mapa turístico de Cusco - Clique para ampliar

Ficamos em um hotel na Plaza de Armas, bem próximo à Catedral, o Yabar Hotel Plaza. O apartamento era enorme, o pessoal muito atencioso e o café da manhã, bem variado. Porém, para quem gosta de silêncio para dormir, esta região é bem agitada e não sei se é uma boa pedida. Talvez um apartamento de fundos resolveria. No nosso caso, não tinha disponível e ficamos em um apartamento de frente. Mesmo o hotel estando em uma rua lateral, se ouvia o barulho vindo da praça e das pessoas que passavam conversando alto. Sem contar que os cusquenhos adoram bandas de música e soltar foguetes.

*A reserva foi feita através do Booking e eu  super recomendo, pois o site é muito confiável. Eu só reservo através dele. Para fazer as reservas, utilize o banner do Booking ao lado, você não vai pagar nada a mais por isso!

Sábado à tarde, na Plaza de Armas

Cusco está sempre em festa!
Todos os dias tinha alguma comemoração e/ou homenagem a algum Santo e dê-lhe foguete. E todos os domingos também têm festa na praça.

Domingo de manhã, na Plaza de Armas

Quando estávamos lá, no domingo, dia 25 de setembro, o foguetório começou às 6h da manhã. Este foi o único lado negativo, não o das festas, mas do barulho noturno. Não chegou a ser tão ruim assim, mas atrapalhou um pouco, já que eu tenho o sono bem leve. Agora, para quem tem o sono pesado e dorme feito pedra, vai estar tudo ótimo.

Fotinha com uma Chola e sua lhama

Simpatia e atenção extrema
Preciso destacar a receptividade e simpatia do povo cusquenho. Nunca vi um atendimento tão atencioso (não falo apenas em simpatia, mas em disponibilidade para atender) em nenhuma outra cidade do mundo que eu já visitei. E este atendimento não é apenas no hotel ou em um ou outro bar e restaurante. É em todos os lugares. A gente se sente realmente muito bem vindo a Cusco. Ficamos muito impressionadas!


A cidade é cheia de ruelas calçadas com paralelepípedos e sua arquitetura é uma mescla de estilos inca e colonial espanhola. Muitas igrejas e pequenos altares podem ser vistos em diversas áreas da cidade. Os cusquenhos são muito religiosos.

Mercados de artesanato
São vários pela cidade. Na Avenida El Sol eu vi 3 centros de artesanato, sendo que o maior, mais lá pra baixo da avenida, é o Centro Artesanales. 

Centro Artesanales de Cusco

Lá se encontra muitas roupas de lá, lenços, echarpes, camisetas e objetos de prata. Lembre-se de negociar sempre! Esta parte sobre artesanato merece um post mais detalhado, com alguns valores e dicas. Aguarde!

Culinária
A comida é muito deliciosa! O forte são os pratos com peixes e frutos do mar, carne de alpaca e acompanhamentos com milho.

Trucha al horno, no Bar Café Restaurante Fucara 

Também farei um post especial sobre a culinária cusquenha e darei dicas dos melhores lugares para se comer bem sem pagar preço de turista.

Estas foram mais algumas informações importantes sobre Cusco, mas ainda tem muito mais. Nos acompanhe pelas redes sociais como Viagens e Beleza (viagensebeleza): facebook, twitter, instagram, Gogle+, Pinterest, para saber quando tem post novo.

Se tiver alguma dúvida, pode deixar nos comentários!
Beijos,
Ana Maria
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
É bom demais receber o retorno dos leitores. Responderei o mais breve possível, então lembre-se de voltar aqui depois para ler a sua resposta.

*Você pode também marcar "Notifique-me", para ser avisado por e-mail quando o seu comentário for respondido.