Conheça um pouco do Aeroporto de Nova Delhi!

Sexta-feira é um dos dias que mais me inspira em falar sobre viagens e como eu ainda não tinha dedicado um post exclusivo para o Indira Gandhi International Airport, decidi que hoje ele merecia uma atenção especial, já que este aeroporto, localizado em Nova Delhi, é o mais movimentado e um dos principais portões de entrada na Índia.

Essa parte do aeroporto, com os Mudrás, que fica na área de desembarque, é a que eu acho mais bonita!


Fiz fotos onde eu estava autorizada a fotografar (pois o sistema de segurança nos aeroportos da Índia é bastante rígido) até gravei vídeos de alguns momentos das minhas passagens pelo Indira Gandhi este ano. O vídeo fica para o post de segunda-feira.


Inicialmente chamado de Aeroporto de Palam, em maio de 1986, após a inauguração do Terminal 2, ele foi renomeado Aeroporto Internacional Indira Gandhi, em homenagem a ex-Primeira Ministra da Índia, Indira Gandhi. 

Área de retirada das bagagens

Curiosidade: ao contrário do que muita gente pensa, ela não era filha de Mahatma Gandhi e sim, de Jawaharlal Nehru, o "primeiro" Primeiro Ministro da Índia, cujo mandato foi o mais longo da história do país. Pandita Nehru, como também era chamado, assumiu o cargo em 15 de agosto de 1947, quando a India tornou-se independente da Inglaterra, ficando até a sua morte, em 1964.


Nova ampliação do aeroporto: em 2010 foi concluído o Terminal 3, mas já está em planejamento a construção de três outros terminais e mais duas pistas, para combater o aumento esperado para 100 milhões de passageiros por ano até 2026.


O Terminal 1 opera exclusivamente voos domésticos e o Terminal 3, voos internacionais e também alguns domésticos.

Saguão de embarque Terminal 1

O Terminal 2 eu não sei a que se destina, mas imagino que deve operar voos cargueiros. Vou me informar melhor e quando descobrir, atualizo aqui. 


Em 31 de março de 2006, este aeroporto tornou-se o primeiro aeroporto da Índia a operar duas pistas em forma simultânea, depois de um teste que envolveu uma aeronave de SpiceJet aterrissando e outra de Jet Airways decolando.


Outra curiosidade interessante: na rota de voo do Aeroporto Internacional Indira Gandhi se encontra a Base Hindon, da Força Aérea da Índia e, por este motivo, todas as aeronaves civis precisam fazer um giro para não sobrevoarem a instalação militar. 

Informações úteis!

Serviço de Wifi: o acesso ao wifi é gratuito nos primeiros 20 minutos e é oferecido em todo o aeroporto. Assim é possível contatar o hotel ou alguém logo na chegada.

Distância do centro: o Aeroporto Internacional Indira Gandhi está localizado há 23 km do centro da cidade.

Como se locomover do aeroporto ao centro:
O Delhi Express Airport é um dos mais modernos que eu já conheci!

Metrô: a linha laranja do Metrô de Delhi, recentemente ampliada, conecta-se diretamente com o Terminal 3. O tempo de viagem até o centro é de 18 minutos e a tarifa única é 100 rúpias. 

*Eu usei muito o metrô quando fazia voos internos em que eu ia somente com uma mala pequena (a outra eu deixava no hotel, na sala de bagagens). O metrô é muito tranquilo e confortável, tem espaço para as bagagens e é todo informatizado, inclusive o piloto.

Ônibus: tem ônibus expresso (Rota 4), operado pela Delhi Transport Corporation, que vai das áreas de desembarque dos terminais até o centro da cidade e funciona 24 horas. Demora cerca de 50 minutos e custa 50 rúpias. Mas tem também um serviço de ônibus com ar condicionado, cujas reservas são feitas em um balcão no saguão do Terminal 3. Não sei o valor deste.

*Não usei nenhum serviço de ônibus e não sei informar se é bom ou não.

Táxi: existem vários pontos de táxi pré-pagos, localizados nas áreas de desembarque. A gente paga neste guichê mesmo (não seis e aceitam cartão de crédito, eu sempre paguei em dinheiro) e eles emitem um voucher a ser apresentado ao motorista no lado de fora do desembarque. 

*Estre serviço é excelente eu usei muito. Quando a gente desembarca, tem vários balcões, mas o mais barato é o segundo à esquerda, com umas placas amarelas e está escrito Police Traffic. O valor a ser pago depende do lugar e da quantidade de bagagem, mas para duas pessoas e duas malas, o valor até o centro (Karol Bagh, Paharganj ou Connaugth Place) custa 400 rúpias. Os táxis avulsos chegam a cobrar entre 600 a 650 pelo mesmo trajeto. Cheguei a pagar isso a primeira vez.

*Os preços dos serviços aqui citados são os que eram praticados até o início de maio de 2016, depois não sei se houve algum aumento.

Segurança nos aeroportos da Índia: eu já comentei no post sobre o Aeroporto de Mumbai, o Regulamento de Aviação da Índia só permite o acesso ao interior dos aeroportos de todo o país quem possui o bilhete e próximo do horário de embarque. Quem não tem o bilhete impresso, pode mostrá-lo no celular. Mas sem apresentá-lo, a entrada não é liberada. 

Quem vai acompanhar ou receber um viajante (parentes, amigos, agências, etc), tem que aguardar ou dar tchauzinho do lado de fora.

Aeroporto de Nova Delhi!

O que você achou deste aeroporto de Delhi? Não é tão encantador quanto o Aeroporto de Mumbai, mas também tem sua beleza, não é? 

Beijos,
Ana Maria
Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

2 comentários :


Obrigada por comentar! É bom demais receber o retorno dos leitores.
Responderei o mais breve possível, então lembre-se de voltar aqui depois para ler a sua resposta.

*Você pode também marcar "Notifique-me", para ser avisado por e-mail quando o seu comentário for respondido.