Leitura da semana: A culpa é da mãe!

Está chegando o dia das mães e todo mundo faz homenagens, compra presentes, vai almoçar fora com a família (sim, porque fazer a mãe cozinhar também no seu dia não é legal), recorda os bons momentos e, quem não tem mais a sua presença, suspira de saudades... Enfim, é um dia realmente especial. 

E a grande homenageada, o que pensa? Simplesmente curte este dia totalmente dedicado a ela ou será que também não passa em sua mente um filminho ou vários flashbacks, do que é ser mãe? Afinal, mãe é mãe todos os dias, em tempo integral!

Então, aproveitando este momento de reflexão sobre nossas mães e também para quem já é mãe, indico um livro que foi lançado recentemente:


A culpa é da mãe – Reflexões e confissões acerca da maternidade, de Elizabeth Monteiro – Sumus Editorial – 280 páginas e preço sugerido: R$ 69,20.

O livro é muito bom e emocionante, mas o preço, infelizmente, é um pouco salgado... mesmo assim, para quem se interessar ou se identificar com o assunto, eu recomendo.

Neste livro, a autora relata suas experiências, muitas vezes desastradas, como mãe de quatro filhos. Traz também histórias de três gerações de mulheres de uma mesma família, promovendo uma inevitável comparação das mudanças ocorridas até os dias de hoje. Segundo Elizabeth, que é psicoterapeuta, todas as mães erram, independente da geração. Mas não devem se sentir culpadas por isso. O peso da culpa faz com que acabem mimando seus filhos e não exerçam a autoridade que lhes compete.

Na contra capa consta que este livro foi escrito para as mulheres que se dedicam de corpo e alma à tarefa da maternidade, mas sempre acham que estão fazendo alguma coisa errada. Àquelas que amam seus filhos incondicionalmente, mas sentem culpa toda vez que não conseguem corresponder às próprias expectativas. Àquelas que sempre imaginam que as outras mães são melhores. Em suma, este livro tem como alvo todas as mães do mundo!

E eu acrescento: o alvo pode ser estendido também à todos os filhos e filhas, pois tentar entender nossas mães é tão importante quanto elas tentam nos entender.

Parabéns à todas as mães! E todas as homenagens do mundo serão singelas diante da dedicação e amor incondicional de uma mãe pelos seus filhos!!! 

Beijos,
Ana

Comente via Blogger
Comente via Facebook
Comente via Google+

2 comentários :

  1. Amei a dica, vou colocar na minha lista,
    beijinhos querida

    http://www.descontraidas.com

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
É bom demais receber o retorno dos leitores. Responderei o mais breve possível, então lembre-se de voltar aqui depois para ler a sua resposta.

*Você pode também marcar "Notifique-me", para ser avisado por e-mail quando o seu comentário for respondido.